Hermafrodita: Significado, Diagnóstico e Tratamento. Tem Cura?

hermafrodita-símbolo

Veja o significado, diagnóstico e tratamento de Hermafrodita. É causado por um distúrbio genético?

Uma condição muito rara e um assunto muito delicado para ser abordado, o hermafroditismo é desconhecido para maioria das pessoas.
Hermafrodita é a pessoa que possui ambos os órgãos sexuais, masculino e feminino, seja externa e/ou internamente, desde o nascimento.
No entanto, devido a condições peculiares de cada tipo de hermafroditismo, os sinais perceptíveis podem sofrer retardamento, até a fase da puberdade.
De acordo com as várias formas de apresentação, o hermafroditismo está dividido em:
Pseudo-Hermafrodita Feminino.
Nesta variação a estruturas genética é do sexo feminino.
Porém, o desenvolvimento do clitóris ultrapassa os parâmetros convencionais, assumindo a forma de um pequeno pênis.
A causa atribuída a essa mutação está atrelada aos efeitos colaterais do tratamento da HCSR (Hiperplasia Congênita da Suprarrenal).

Pseudo-Hermafrodita Masculino

Ocorre quando a parte eterna do órgão reprodutor masculino não se desenvolve adequadamente, devido a problemas hormonais de causa ainda incerta.

Hermafroditismo Verdadeiro

São casos extremamente raros, em que todo o sistema reprodutor é ambíguo, ou seja, há a presença de ovários e testículos, bem como também pênis e vagina.





Omissão e Preconceito

No Brasil não há como precisar a sua representatividade em relação a população total, pela inexistência de políticas públicas voltadas para o hermafroditismo.

O estigma de anomalia que paira sobre os que nascem com este distúrbio genético, na maioria das vezes causado pelo preconceito que sofrem, e a complexidade em lidar com a situação, faz com que os casos sejam ocultos da sociedade pelos familiares.

Não há muitos registros na web de estudos de casos, fotos e depoimentos dos portadores desta anomalia genética.

Diagnóstico Tardio

Por desconhecimento ou medo do preconceito, muitas famílias protelam o enfrentamento da situação, e acabam por prejudicar a criança, que cresce sem compreender o próprio corpo, ou se percebe como um habitante de um corpo que não corresponde à sua identidade sexual, por assim dizer.

Há relatos de mulheres adultas que descobriram o hermafroditismo ao procurar o médico para entender o porquê da ausência de seu ciclo menstrual, quando foram orientadas que não havia menstruação por não haver sistema reprodutor feminino em seu corpo.



deus grego hermes cromossomos xx e xy deusa grega afrodite disturbio de desenvolvimento sexual

Para situações em que haja “sintomas” ou sinais de caráter peculiar e que possam estar relacionados ao hermafroditismo, o ideal é procurar profissionais médicos, em especial os especialistas em sistema reprodutor e afins, como o ginecologista ou proctologista.

Como Tratar

Dada a complexidade do hermafroditismo, causado por um distúrbio genético, não é como uma patologia convencional de tratamento caseiro, assim como os aspectos estéticos não são meras deformidades da pele que se revertam passando uma pomada.

Pelo contrário, a prática mais usual – no caso de hermafrodita verdadeiro – é uma cirurgia que visa retirar uma das genitálias.

As outras formas de hermafroditismo, como o pseudo-hermafrodita masculino, podem ser tratadas com medicamentos a base de hormônios.

Entretanto, muita polêmica envolve os tratamentos de hermafroditismo – tanto por remédio, mas principalmente quanto a intervenção cirúrgica.





Isso porque o tratamento ou cirurgia ocorre durante a infância e, em alguns casos, o resultado é uma pessoa que se reconhece como mulher, mas possui órgão reprodutor masculino, ou o inverso.

Recentemente, vem tomando corpo uma linha de pensamento que visa trabalhar a questão do hermafroditismo de maneira mais profunda.

Seus adeptos rejeitam a concepção simplória da condição desta anomalia genética como uma doença que tem cura.

Na verdade, a bandeira levantada por essa linha de pensamento – muito íntima da causa LGBT – chama-se “Intersexualidade”.

O intersexo abrange, além do hermafrodita, as condições de androginia e transgênero, e defende principalmente a autonomia do indivíduo na escolha do sexo que deve prevalecer, a partir da compreensão de si mesmo como masculino ou feminino.

Clique aqui agora para ver significado, treino e dieta de Hipertrofia muscular

diminuidor