Barriga Inchada: O que é Bom, O que Fazer e Remédio para Dores Abdominais!





gases e azia

Veja se o Abdômen distendido é causado por excesso de gases, prisão de ventre e os possíveis sintomas das dores abdominais:









A distensão abdominal, vulgarmente chamada de barriga inchada, estômago alto ou barriga estufada é um problema que incomoda grande parte das pessoas, em especial a população feminina.

Este é um problema que acomete de 10 a 30% dos adultos em todo o mundo. Este desconforto interfere tanto no trabalho quanto nas atividades sociais das pessoas e por este motivo deve ser prevenido e quando necessário tratado com a ajuda de um especialista.

São diversos os fatores que originam este sintoma, desde maus hábitos alimentares até doenças. Abaixo estão listadas as principais causas deste mal.



O que pode ser:

A principal causa da barriga inchada é a retenção de líquidos, proveniente do excesso de água no organismo. Além de se acumular na barriga, a água também acaba inchando os pés, coxas, tornozelos, braços, mamas, entre outros locais.

O inchaço abdominal também pode ser originado pelo excesso de gases no organismo ou pela prisão de ventre. Ou seja, o acúmulo na região abdominal pode ser provocada pelo acúmulo de sólidos, líquidos ou gases.

Sendo assim, pode-se dizer que as principais causas da distensão abdominal são:

• Retenção de líquidos, devido à má alimentação;

• Excesso de gases;

• Prisão de ventre;

• Síndrome do intestino irritável;

primeiras semanas



• Intolerância a lactose;

• Hérnia;

• Mioma uterino;

• Vermes;





• Alimentar-se rápido demais;

• Falar durante as refeições;

• Dentre outras causas.

Abaixo estão listadas as principais queixas das pessoas que apresentam distensão abdominal.

Inchada e dura:

Quando a barriga se apresenta desta maneira, a causa provável é a ascite, também conhecida como barriga d´água. Nestes casos, o inchaço não é um bom sinal, pois sinaliza a presença de sérias doenças, tais como a cirrose hepática, que na maioria das vezes torna a barriga muito inchada e dura. Este caso acomete mais na população masculina, que muitas vezes adquirem esta doença a partir da ingestão excessiva de bebidas alcoólicas.

gases e dor nas costas

Além dessa doença, a presença da barriga inchada e dura pode indicar:

• Intolerância a lactose;

• Hérnia;

• Mioma uterino.

Inchada e mole:

No caso em que a barriga se apresenta inchada, porém mole, a explicação mais plausível é o aumento de gordura abdominal, causado pelo excesso de peso. Pessoas que vivem sob o efeito sanfona, se deparam com essa situação constantemente. Um aumento na balança de 1 a 3 quilos, já são suficientes para dar origem a esta situação.

Dolorida:

Quando a barriga fica muito dolorida, a causa mais provável é a má digestão, resultado da ingestão de algum alimento que não foi bem aceito pelo organismo.

No entanto, existem também outras causas, são elas:

• Retenção de líquidos;

• Gases;

abaixo do umbigo o que pode ser

• Síndrome do intestino irritável.

Problemas na vesícula também costumam deixar a barriga bastante estufada e dolorida. Neste caso, o melhor é buscar ajuda médica

Gravidez:

De maneira geral, a “barriga de grávida” começa a aparecer a partir da 16º semana de gestação. No entanto, por mais estranho que pareça, muitas mulheres só descobrem que estão grávidas em fases avançadas da gestação. Isto ocorre normalmente em dois casos:

• Quando possuem sobrepeso: neste caso como já possuem uma grande quantidade de gordura abdominal, as mulheres costumam acreditar que o crescimento de sua barriga nada mais é do que resultado de uma retenção de líquidos ou do aumento de mais alguns quilos na balança.

pr

• Quando possuem menstruação irregular: muitas mulheres possuem o ciclo menstrual irregular, isto faz com que elas não associem o atraso na menstruação como uma possível gestação, sendo assim consideram o crescimento de sua barriga como uma simples “barriga inchada”.

A distensão abdominal proveniente da gravidez, torna a barriga inchada e dura, diferente dos casos já citados anteriormente. Além disso as dores que as mulheres grávidas costumam sentir se concentram no “pé da barriga”, sendo assim preste bastante atenção nos sinais é possível diferenciar um desconforto abdominal da gravidez.

Gases:

O excesso de gases é quase sempre o vilão deste mal, porém nem sempre ele é o verdadeiro responsável, uma vez que existem outras causas conforme já mencionado anteriormente.

É fato que após a ingestão e durante a digestão de determinados tipos de alimentos, alguns gases podem ser acumulados, tais como:

• Feijão;

• Leite;

• Batata;

nos primeiros 5 dias estomago estufado com gases
• Ovos;

• Repolho;

• Bebidas gaseificadas;

E alguns outros.

A quantidade de gases produzida é aumentada levando a uma leve distensão abdominal. E este excesso de gases podem ser eliminados tanto através de arrotos como através de flatulências, Porém, até esta eliminação, a pessoa pode sentir desconforto e dores abdominais e em alguns casos é necessário a ingestão de remédio para o alívio dos gases. O mais utilizado atualmente é o Luftal.

Mas o que fazer para evitar este estufamento:

O grande segredo está na alimentação. Manter uma dieta balanceada rica em vegetais verdes e orgânicos, para realizar a desintoxicação do organismo aliada a uma boa hidratação é o suficiente para evitar esta incômoda situação.




Alguns nutricionais recomendam a ingestão também de alimentos probióticos, tais como o iogurte, para evitar a sensação de barriga inchada. Isto porque estes alimentos possuem em sua composição bactérias auxiliam na regulação da flora intestinal.

O que é bom:

Isto dependerá da causa de sua distensão abdominal. De maneira geral, como dito anteriormente, este problema pode ser resolvido através de uma dieta rica em verduras, legumes e com uma boa dieta hídrica. Além disso, aconselha-se a evitar o consumo de alimentos que costumam fermentar no estômago, tais como:

• Derivados de farinha de trigo, por causa do glúten;

• Derivados de leite, devido à lactose;

• Pães e bolos, por causa do fermento.

No entanto, se um dia ou outro você abusar no consumo deste alimentos, para desinchar a barriga aconselha-se tomar chá verde e alimentar-se com produtos ricos em fibras.

gases e arrotos

Além disso, aconselha-se a prática regular de atividades físicas que auxiliarão no processo de digestão, evitando assim, as principais causas da barriga inchada.

E se por acaso:

• O inchaço abdominal piorar;

• Você tiver febre;

• Você tiver diarreia ou fezes sanguinolentas;

• Não conseguir beber nem comer nada por mais de 6 horas.

Aconselha-se buscar ajuda médica. Se caso optar pelo clínico geral, ele poderá diagnosticar o problema e encaminhá-lo ao médico especialista que é o gastroenterologista. Este profissional é o responsável pela prevenção e tratamento das doenças que acometem o sistema digestório.

Clique aqui agora para conhecer o que é o exame da Proteína c Reativa e valores de referência da positiva, elevada, alta, ultra sensível e quantitativa

Recomendado para você:






Política de Privacidade
1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (1 votos, média: 5.00 de 5)
Loading...