Fungos no Ouvido: Principais Causas, Sintomas e Tratamentos!

gotas - bula-solução otológica

Veja tudo sobre esta enfermidade no canal auricular e como tratar :




Os fungos no ouvido humano também são conhecidos como otomicose, além de nomes populares como “dor de nadador” ou “ouvido de nadador”. Os fungos podem ser considerados os responsáveis por 7% dos problemas da infecção do canal do ouvido, inflamação e otite externa. Algumas vezes os médicos acabam confundindo o problema com outras infecções bacterianas e acabam indicando o tratamento com antibióticos, mas esses medicamentos não têm efeito contra esses fungos.

Tipos de fungos e doenças:

Muitas pessoas podem não acreditar, mas os esses organismos no ouvido são sérios e precisam de muito cuidado. E existem diferentes tipos de fungos que podem prejudicar o ouvido humano, como Aspergillus fumiga, Aspergillus niger, Candida albicans e Candida tropicalis. Abaixo selecionamos algumas causas, tratamentos e prevenções para esse problema. É muito importante lembrar que somente o médico pode avaliar e diagnosticar qual a doença e que o tipo de fungo presente.

Causas :

otite externa quanto tempo dura


pr

Podem existir diversas causas para os fungos no ouvido humano. Conheça algumas delas:

  • Com um sistema imunológico enfraquecido o corpo fica com suas defesas reduzidas. Isso acontece muito após uma doença ou até mesmo por momentos longos de estresse;
  • Através de infecções fúngicas pelo canal auditivo externo que não foi tratado corretamente; ;
  • Água no ouvido é uma das grandes causas, principalmente água de piscina; ;
  • Uso de fone de terceiros, audiofone e tampões. O agente que causa a doença pode entrar no ouvido por pequenas feridas. ;

Sintomas:

Um dos primeiros sintomas desses fungos é uma coceira anormal no ouvido. Lembrar que sentir uma coceira é algo normal, mas caso o canal não seja aliviado por nada, pode ser o sinal da contaminação do fungo. Esse pode ser considerado um dos principais sintomas. Então, é preciso ficar atento.

Outra situação que pode incomodar é a dor no ouvido. Normalmente isso acontece em apenas um dos ouvidos, ainda mais porque os fungos se concentram em um único local. Quem sofre com o problema relata que sente pressão e uma dor muito forte.

É preciso observar se não terá nenhum corrimento no ouvido. Normalmente ele é grosso e tem coloração clara, amarela ou branca. Além disso, pode vir acompanhado de sangue e de odor muito forte e desagradável. Com um cotonete, passe na orelha e fique atento se não aparecerá nada de anormal, cores diferentes e odor.

Com os fungos no ouvido é possível identificar a perda de audição. A infecção pode gerar uma dificuldade para compreender alguns sons e falas. Muitas vezes as pessoas só percebem o problema através desse sintoma. Fique atento porque muitas pessoas começam a se distanciar da vida social devido a dificuldade de ouvir e entender o que as pessoas estão falando.

Como tratar:

Primeiro é necessário marcar uma consulta com o médico, o especialista para quem tem infecção no ouvido é o otorrinolaringologista. Somente o profissional pode diagnosticar o problema e indicar o melhor tratamento. Então, é muito importante procurar ajuda médica assim que os sintomas começarem a surgir.



pr

Primeiro é importante evitar antibióticos, já que eles possuem uma eficácia para as infecções bacterianas, ou seja, não terão nenhum efeito contra os fungos.

Algumas pessoas optam por tratamento caseiro. Então, acompanhe algumas dicas.

  • Secador de cabelo: É preciso ligar na menor intensidade e colocar a ponta do secador em torno de 25 cm de distância do ouvido a ser tratado. Isso faz secar o canal e retira a umidade que incentiva a produção dos fungos;
  • Compressa quente: Mergulhe uma toalha limpa em água quente, mas não precisa deixar pelando. Em seguida coloque sobre o ouvido até que a toalha esfrie. A dor será aliviada e a circulação ficará melhor no local;
  • Consumo de alimentos ricos em vitamina C: A vitamina C repara os tecidos que podem ter sido danificados por alguma infecção fúngica. Os médicos indicam uma ingestão em torno de 500 a 1.000 mg de vitamina C diariamente. Algumas frutas são ótimas fontes de vitamina, como limão, laranja, morango, framboesa, mirtilo, melancia, abacaxi, brócolis e muito mais.

Remédio:

Clotrimazol:

descamação coçando muito alergia

Esse é o medicamento mais indicado para o tratamento. Com o clotrimazol 1%, o crescimento dos fungos é descontinuado pela diminuição dos níveis de ergosterol. É importante lembrar que podem existir alguns efeitos colaterais, como queimação no ouvido, irritação e desconforto.

A aplicação é bem simples, mas exige alguns cuidados. Lave as mãos utilizando água corrente e um sabão neutro. Em seguida é preciso lavar os ouvidos com água morna até toda a secreção sair. Com uma toalha limpa, seque com muito cuidado o local, e não esfregue para não piorar a infecção. Deite ou coloque a cabeça para o lado. Puxe o lóbulo da orelha para baixo e em seguida para trás. Aplique três gotas do medicamento e mantenha a orelha inclinada para que o clotrimazol alcance a região infectada. Depois, coloque a cabeça para o lado oposto para que o medicamento caia em um papel toalha.

Diflucan:

Caso a infecção esteja em um nível grave, é muito provável que o médico receite o diflucan, que é um remédio com fluconazol. Ele também apresenta alguns efeitos colaterais, como dores abdominais, dor de cabeça, náuseas, entre outros.

O medicamento é administrado através de comprimidos. Normalmente o médico receita uma dose de 200 mg ao dia. O tratamento dura cerca de cinco dias. É importante lembrar que somente o médico pode receitar o medicamento.

Prevenção:

Para evitar os fungos no ouvido é preciso melhorar a sua imunidade, isso faz com que seu organismo consiga lidar com os mais diversos tipos de doenças. Você pode procurar ajuda médica para saber como aumentar sua imunidade. Mas é possível adiantar que fazer uma boa caminhada diariamente, consumir alimentos saudáveis e realizar uma boa higiene podem ser ótimas recomendações.

Além disso, é necessário observar como está a pele da sua orelha. Qualquer ferida que apareça precisa ser tratada com solução antisséptica. Atenção também às espinhas que muitas vezes surgem dentro do ouvido, não pode tentar arrancar. Cuidado na hora de limpar o ouvido e mais cuidado para não acabar ferindo o canal.

Para conhecer tudo sobre fungos: Clique aqui


Recomendado para você:

Loading...


Política de Privacidade


Alimentação
Receitas
Frases, Mensagens e Imagens
Cachorros e Raças
Emagrece ou Engorda?
Shake
Suplementos
Tattoos
Esportes

1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (Sem votos ainda, vote!)
Loading...