Blefaroplastia: Fotos Antes e Depois, Preço 2018 e Pós-Operatório!

não invasiva

Veja como funciona o procedimento cirúrgico feito para correção de defeito palpebral :




Impossível qualquer ser humano se livre do envelhecimento. Como o tempo é notório a transformação de todo corpo.

A região em torno dos olhos sofre muito com esse fenômeno, ficando cada vez mais com aparência caída, cansada e acumulamento de pele e ou gorduras.

Desse modo, a Blefaroplastia desde o ano 1992 quando criada, passou a ser a opção perfeita e preferida para resolver esses problemas.

O que é:

É um processo cirúrgico que aprimora a aparência das pálpebras inferiores e também das superiores. Age na eliminação de rugas, flacidez, gorduras em bolsas e proporciona rejuvenescimento na área dos olhos.

quanto custa em média


pr

Após ultrapassar 30 anos, esse problema já começa a gerar incomodo nas pessoas em geral podendo muitas vezes afetar até a visão. Entretanto, é a partir dessa faixa etária que se aumenta a busca pelo procedimento.

Como é feita:

Apesar de simples, trata-se de uma intervenção cirúrgica como qualquer outra. Desse modo, deve-se seguir a todas as recomendações dadas pelo cirurgião.

A realização da cirurgia tem duração de 1 (uma) a 2 (duas) horas. São feitos os seguintes procedimentos:

  • Anestesia – Aplica-se anestesia local ou geral dependendo da necessidade;
  • Demarcação da área excedente – Realiza-se a delimitação na área a ser retirada;
  • Cesura – Corte com o auxilio de um bisturi retirando os excessos de gorduras e de pele;
  • Cauterizar – Cauteriza a região cortada;
  • Suturar – Une a pele exercendo suturas na área exterior. Permanece sempre a critério do cirurgião a preferência de suturas removíveis ou absorvíveis.

Atualmente, alguns cirurgiões optam por utilizar adesivos para selar a parte cortada. Em casos que existem a ptose palpebral (caimento da pálpebra por problemas musculares) torna-se necessária a correção da musculatura orbicular.

Assim como qualquer cirurgia, esta exige jejum oito horas anteriormente ao procedimento cirúrgico, exames de sangue, cardiovasculares e laboratoriais para verificar a saúde atual e coagulograma para analisar a capacidade de coagulação sanguínea.

Ingerir medicamentos que raleiam o sangue e dificultam a coagulação como aspirina e AS, está vedada durante um mês que antecede a cirurgia.

O consumo de tabagismo também deve ser suspenso nesse período.

A cicatriz doravante desse procedimento cirúrgico é totalmente superficial e imperceptível.

Localiza-se na dobra da pálpebra quando realizada na área superior dos olhos e por debaixo dos cílios inferiores ou dentro da conjuntiva quando realizada na área inferior.

Habitualmente para excluir possíveis sensações de dores, o cirurgião recomenda a ingestão de antibióticos e/ou analgésicos pós-cirurgia. Em complemento, há situações que é preciso fazer uso de colírio para favorecer a lubrificação dos olhos.

Em sua maioria, os pacientes são liberados a retornarem para rotinas de trabalhos após 3 (três) dias. Isso ocorre desde que, o inchaço e possíveis manchas arroxeadas comumente acometidas no pós-cirurgia não as incomodem.



pr

Recomendações:

  • Higienizar – Uma vez que se exclui a utilização de curativos, a higienização pode e deve ser efetuada comumente com água e sabonete neutro;
  • Repousar – Recomenda-se repousar até a retirada dos pontos utilizar óculos no mínimo durante 30 dias para evitar manchas e demora na cicatrização que podem ser causadas pela exposição ao sol;
  • Dormir – Dormir com a barriga voltada para cima durante 2 semanas;
  • Lentes de contato – Deve suspender o uso durante 10 dias;
  • Compressas – Promover compressas gelada ou frias para minimizar inchaços;
  • Massagem e drenagem linfática – Devem ser feitas diariamente durante os 3 (três) primeiros dias posteriormente a cirurgia;
  • Excluir a utilização de maquiagens ao longo do período de 15 (quinze) dias no mínimo;
  • Fisioterapia – Sugere-se fisioterapia demato funcional. Assim, a remoção de hematomas e redução do inchaço para que a recuperação seja mais ágil;
  • Fazer exercícios para alongar os músculos faciais;
  • Em casos de fibrose realizar radiofrequência;
  • Realizar exercícios ao redor dos olhos como, por exemplo, colocar força ao abrir e fechar os olhos de frente ao espelho de 2 (duas) as 3 (três) vezes no dia;

resultado final

Inferior:

O procedimento feito na área inferior dos olhos geralmente é utilizada para eliminar as bolsas de gorduras em excesso sendo média, interna e lateral.

Em caso de remoção apenas das bolsas de gorduras, o procedimento pode ser realizado por meio transconjuntiva, ou seja, no interior da pálpebra e a cicatriz é interna. Quando há necessidade de remover também a pele excedente, é efetuada na área inferior abaixo dos cílios.

Superior:

Nessa área encontra-se flacidez, pele em excesso, atrofia ou desinserção muscular e frouxidão. No entanto, a Blefaroplastia atua para proporcionar um olhar mais firme e jovial. O cirurgião efetua correções na pálpebra e no seu posicionamento e elimina a pele acumulada.

Antes e depois:

Antes de se sujeitar a Blefaroplastia, observa-se um olhar cansado, envelhecido, sério e muitas vezes triste em pessoas que possuem tais deformidades causadas pelo envelhecimento. O olhar é a identidade do ser humano, portanto quando ele é afetado pelos efeitos do tempo e também da genética, a realidade nem sempre pode ser vista.

Isso porque, muitas vezes seu atual estado, por exemplo, de alegria é afetado por sua aparência cansada e triste doravante do excesso de flacidez e gordura.

Loading...

Depois que o indivíduo se submete ao procedimento, é notório a diferença. Aquele olhar triste e também cansado se transforma em um olhar mais alegre, jovial, mais aberto, mais leve, saudável e que transmite exatamente a mensagem que deseja.

È possível observar os benefícios e resultados logo na primeira semana ainda que os olhos estejam inchados pelo procedimento. Após 1 (um) ano as mudanças ficam inteiramente completas e visíveis. Para facilitar ainda mais essa observação no antes e depois, tire algumas fotos antes do procedimento e outras durante este passar de tempo.

Preço:

Cada cirurgião define os custos e o valor a ser cobrado para a realização da mesma. Tais valores podem variar de R$1.500,00 (mil e quinhentos reais) até R$3.000,00 (três mil reais).

Vale lembrar a importância da escolha de um profissional qualificado. Muitas vezes optar somente considerando o preço pode acarretar em muitos contratempos e prejuízos financeiros e de saúde.

Salienta-se que quanto mais flácida apresenta a região, acelerado é o caimento da pálpebra novamente. Muitas vezes está diretamente associado à genética, e ao envelhecimento da pele.

Além disso, para evitar principalmente o envelhecimento precoce, é indispensável o uso diário de bloqueador solar, hidratantes rejuvenescedores e higienização com sabonete neutro e também com colírio se indicado pelo médico.

Para conhecer as outras cirurgias plásticas: Veja bem aqui


Recomendado para você:

Loading...


Política de Privacidade


Alimentação
Receitas
Frases, Mensagens e Imagens
Cachorros e Raças
Emagrece ou Engorda?
Shake
Suplementos
Tattoos
Esportes

1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (2 votos, média: 5.00 de 5)
Loading...