Fungos no Pênis: Tipos e Prevenção, qual usar em cada caso e imagens

fotos creme pomada como usar

Veja as causas, como tratar, cuidar e evitar. Acompanhe os sintomas, fotos e passo a passo para curar de vez


Apesar de os fungos na região genital se apresentarem com mais frequência em mulheres, o público masculino também pode sofrer com tais infecções.

A micose no pênis, mais precisamente na glande é uma infecção bastante comum, mas, você sabe como evitar ou mesmo tratar dessas lesões?

Entendendo a doença:

Esta doença é causada, geralmente, pelo fungo Candida albicans. Trata-se de lesões benignas, porém, será preciso passar por uma consulta com o seu urologista para que seja diagnosticada e tratada devidamente.

Estas lesões provocam o surgimento de algumas protuberâncias na glande; ardência e vermelhidão são outras características.

cuidados causas como tratar sintomas preco


pr

A doença se manifesta, sobretudo, naqueles cujo sistema imunológico é debilitado, nos portadores de diabetes ou naqueles que tiveram relações sexuais sem preservativo.

Existem outros tipos?

Sim, pode haver outros tipos que poderiam se alojar na glande, mas o principal e mais comum dentre eles é realmente o fungo Candida albicans. Tanto a Candida quanto demais fungos, devem ser tratados assim que detectada a doença, pois, as crises tendem a se tornar frequentes e mais intensas. Em casos realmente graves, aqueles pacientes com imunidade baixa podem manifestar candidíase em órgãos importantes, comprometendo pulmões ou rins.

Quais as causas?

Bem, existem algumas situações que propiciam a proliferação de fungos no pênis, gerando quadros infecciosos.
Note que a capacidade do sistema imunológico em lidar com uma população de fungos em constante proliferação é um ponto importante.



Há alguns fatores que aumentam consideravelmente as chances de contrair estes fungos:

  • Parceiras com episódios frequentes de candidíase vaginal;
  • Portadores de diabetes;
  • Má higiene na região peniana;
  • Uso de fraldas geriátricas;
  • Uso de antibióticos;
  • Uso de corticoides;
  • Doenças como HIV;
  • Desnutrição;
  • Quimioterapia;
  • Uso de drogas;

Quais os sintomas?

A infecção pela Candida, no pênis, se manifesta por lesões observadas na glande e do prepúcio.

Os sintomas mais evidentes da candidíase em homens são:

  • Inchaço;
  • Vermelhidão;
  • Dor na glande;
  • Ocorrência de placas brancas;
  • Coceira;
  • Ardência após relação sexual;
  • Surgimento de bolhas;
  • Presença de feridas, úlceras e descamação da pele;
  • Corrimento purulento pelo canal da uretra;

Loading...

Se você tem dúvidas em relação ao aspecto da doença, alguns sites médicos confiáveis podem apresentar imagens e fotos que vão dar a você uma ideia melhor de como a doença se apresenta. Isso, de forma alguma, tira a importância de uma consulta médica com o seu urologista.

Você sabe como tratar?

Para curar estas infecções é preciso fazer um tratamento no local da lesão com pomadas antifúngicas; muitas vezes será necessário também combinar a pomada com um creme à base de cortisona, além de medicação oral.

É essencial também combater as situações de risco, fazendo a higiene regular e evitando certos hábitos como o uso de roupas apertadas, por exemplo.

A doença é curável e o tratamento pode ser feito no conforto do seu lar. A aplicação da pomada antifúngica deve durar de 7 a 10 dias, ou conforme a prescrição do seu médico.



pr

Quando a terapêutica com pomadas não apresentar efeito podem também ser utilizados antifúngicos orais por até duas semanas.

É importante também que o homem afetado pela doença suspenda temporalmente as relações sexuais até que a infecção seja totalmente sanada, já que o contágio é praticamente certo.

Qual usar?

Para tratar nos homens o uso de antifúngicos em pomada ou creme é a melhor opção.

Você pode utilizar:
Clotrimazol 1%;
Miconazol 2%;
Passe a pomada duas vezes ao dia, por um período de 7 a 21 dias, ou conforme prescrição médica.

Outra opção, desta vez em comprimido é:
Fluconazol – 150 mg
Este remédio é tomado em uma única dose.

É bom ressaltar que em algumas situações de fungos no pênis poderia ser um primeiro sintoma da diabetes. Caso o paciente não apresente fatores de risco que resultassem na candidíase, o médico poderá solicitar um exame da glicose sanguínea.

Como se dá a prevenção?

Quando o assunto é prevenção da doença, a higienização do pênis do modo correto é o fator mais importante para evitar a contaminação por Candida. Para isso, deve-se, então, puxar delicadamente o prepúcio e lavar em volta da glande. Faça a higiene do resto do pênis, dos testículos e do ânus.

Tão importante quanto lavar é também secar toda a região. Você sabe, a umidade neste local favorece e muito a proliferação dos fungos.



Apesar de cuidados serem essenciais, lavar excessivamente pode acabar tirando a proteção da pele e ocasionar microfissuras que podem ser o vetor de novas infecções. Veja o que você pode fazer para prevenir os fungos na região genital masculina.

  • Faça a higiene na zona genital todos os dias, com sabonete de pH neutro de preferência;
  • Depois de lavar evite o excesso de umidade, secando bem;
  • Use roupas folgadas para facilitar a transpiração;
  • Use preservativo sempre;
  • Em caso de diabetes, certifique-se se os níveis de glicose estão sob controle;
  • Evite os alimentos ricos em açúcares;

Você sabia que uma alimentação adequada e cardápio variado podem ajudar na prevenção de infecções por fungos?

Pois é, certos alimentos são muito eficazes para aumentar a imunidade do organismo e, consequentemente, reduzir o risco de microrganismos se manifestarem e proliferarem. Alimentos como o famoso kefir podem ajudar muito na proteção do organismo.

Outros alimentos que auxiliam na batalha contra os fungos são a água com limão, tomilho, salsinha e pepino, por exemplo. Investir na estratégia da boa alimentação vai ajudar na cura da doença de modo rápido, mas, lembre-se de que diminuir os doces da dieta é fundamental. Os doces favorecem a reprodução dos fungos que causam a infecção.

pomada remedio imagem tipos doenca
Veja outros alimentos que devem fazer parte da dieta para eliminar a infecção por estes organismos:

  • Alimentos integrais, muitas frutas e vegetais não devem faltar na dieta, pois, estes alimentos ajudam a flora intestinal que impedem a proliferação dos fungos quando em pleno funcionamento;
  • Própolis é outro alimento que deve ser consumido todos os dias. Ele pode ser adicionado à água com limão e chás;
  • Especiarias como o alecrim, orégano, cebola e alho podem e devem ser consumidos, pois contêm ação antifúngica;
  • Sementes como a chia, a linhaça ou semente de abóbora são excelentes, pois são repletas de ômega-3, que fortalece o sistema imunológico;
  • Boas gorduras como o azeite ou óleo de coco; amêndoas, castanhas e amendoins reduzem a inflamação e também devem ser acrescentados ao cardápio.

Confira tudo sobre outros tipos de fungos em outras partes do corpo e métodos para cuidar e evitar a proliferação.

Veja aqui agora sobre fungos nas unhas, causas, tipos, como se pega, sintomas e tratamentos!



Recomendado para você:

Loading...


Política de Privacidade


Alimentação
Receitas
Frases, Mensagens e Imagens
Cachorros e Raças
Emagrece ou Engorda?
Shake
Suplementos
Tattoos
Esportes

1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (Sem votos ainda, vote!)
Loading...