Dor no Peito: O que Pode Ser, Causas Principais e Tratamento!

gases pode acelerar

Veja as origens daquelas dores no tórax, como proceder para curar:




Nem sempre ela significa que algo de extremamente grave está acontecendo. Por vezes, a dor se relaciona com problemas de respiração, excesso de gases, dor muscular e até ansiedade, mas é claro que não se deve descartar algo sério, dependendo da dor. O ideal é se manter atento à outros sintomas e, caso persista, procurar um médico especialista no assunto.

Caso ela venha acompanhada de enjoo, falta de ar e piore quando o peito é apalpado, você deve se preocupar. Nessa situação, não demore até procurar ajuda profissional. Quanto antes você for ao médico, maior a chance de sanar o problema. Entenda melhor quais são os graus de dor no peito.
.

O que é :

É o desconforto gerado na parte frontal do corpo, entre o pescoço e o abdômen. Quando ela se restringe à esse espaço, pode ser ocasionada por vários fatores menos preocupantes que o infarto, em si. Já se essa dor migrar para outras partes do corpo, apresentando formigamento, é sinal de que algo está errado e você deve procurar ajuda.

incomoda ao lado da costela


pr

No meio:

Veja bem: por mais que seja assustadora, a dor nesse local só significa infarto quando está acompanhada de dificuldade de respirar, formigamento no braço e enjoo. Quando ela se apresenta sem esses sintomas correlacionados, o significado pode ser outro.

Geralmente pode ser uma gastrite, costocondrite e, até mesmo, um excesso de gases, que comprime as paredes internas do tórax. Para evitar sustos, é importante que o paciente esteja atento à todos os sintomas da dor. Quando não há histórico de pressão alta, excesso de peso ou doenças cardíacas, a chance de ser um infarto é pequena. Entretanto, caso ela persista e suas condições se tornem mais doloridas, o ideal é procurar um médico.

No Lado Direito:

Quando a dor aparece do lado direito, ela geralmente está ligada à problemas do trato gastrointestinal. As cólicas dos órgãos relativos à digestão, podem causar dores agudas, que se confundem com os sintomas de ataque cardíaco. Veja o que pode ser:

  • Hérnia de hiato;
  • Gastrite;
  • Hepatite;
  • Pedras na vesícula.


Porém, não invalide uma ida ao médico. Mesmo do lado direito, que é menos preocupante, a dor pode indicar que há uma inflamação das paredes do coração ou pulmões. Essas condições, quando não tratadas, podem evoluir para casos graves, necessitando, inclusive, de intervenção cirúrgica.

  • Pericardite (inflamação no pericárdio, membrana que envolve o coração);
  • Pleurite;
  • Infecções do pulmão;
  • Apêndice

No Lado Esquerdo :

As dores do lado esquerdo são mais preocupantes e necessitam maior atenção. Isso se dá porque, quando instaladas, podem denunciar problemas graves em órgãos importantes do nosso corpo. Veja o que ela pode significar:

  • Insuficiência cardíaca (angina);
  • Lesão nas costelas, que pode afetar os órgãos encostados nelas;
  • Problemas relacionados ao esôfago ou estômago
  • Distúrbios no pulmão.

Ao Respirar :

Quando surge no meio da respiração, a dor pode parecer com pontadas no peito. Por mais desesperador que seja, tente se manter calmo e analisar a situação como um todo. Veja algumas dicas para quando isso acontecer:



pr
  • Sente-se. Você precisa relaxar e tentar respirar com calma e pela boca. No começo será difícil mas aos poucos verá que está conseguindo. Apoie a mão sobre a barriga e tente se concentrar no movimento de sobe-desce, conforme for conseguindo respirar melhor.
  • Quando notar que já está conseguindo puxar o ar com mais facilidade, tente segurá-lo por 1 ou 2 segundos. Isso ajudará a normalizar a crise;
  • Tente medir suas pulsações. Se ela estiver alta, mesmo com a técnica de relaxamento, é hora de ficar atento;
  • Caso a dor irradie do peito para outras partes, como pescoço e braços, procure um médico.

quando aperta ao se movimentar

Vale reforçar que essa condição de pontadas é passageira. Porém, quem passa por ela precisa se manter tranquilo, de modo que a respiração volte ao normal. Caso não consiga, os sintomas podem se acentuar mais e o pânico, nesse caso, pode ocasionar uma crise ainda maior.

Geralmente essas dores são causadas por:

  • Ansiedade;
  • Estresse;
  • Tensão muscular;
  • Problemas cardíacos.

Caso esteja apresentando pontadas no peito ao respirar, o ideal é se manter calmo.

Muscular :

As dores musculares também podem nos dar um belo susto. Por vezes, não nos atentamos em exercícios feitos de forma incorreta e ele pode acometer nossos músculos. Mesmo que já tenha acontecido com as costas, braços ou pernas, não se esqueça que o tórax é composto de massa muscular e pode sofrer lesões como qualquer outra parte do corpo.

As dores causadas por lesões musculares podem acontecer após um exercício incorreto, esportes que exigem muito da capacidade física, mau-jeito, estresse e tensão, que acaba por enrijecer o músculo. Isso pode resultar em inflamação e dor.

Você pode identificar de um jeito simples: alongando-se. Se a dor piorar quando rodar o tronco, a chance de ser muscular é imensa. Ainda mais se tiver aparecido depois de alguns dos cenários acima. Para tratar, o ideal é repouso. Aplique compressas mornas sobre a região onde está sentindo dor. Você pode tomar remédios que fazem o relaxamento do músculo e o alongamento também ajuda.

Caso a dor persista ou aumente, procure um médico.

Como Cuidar :

Quando a dor aparece, o susto vem junto. Por mais que seja uma situação apavorante, o primeiro passo é manter a calma e começar a analisar o que, além da dor no peito, você está sentindo. Como já foi dito, os sintomas relacionados são bastante importantes no momento de se traçar qualquer diagnóstico.

Existem algumas dicas para os momentos de dor:

  • Analise as características dela: onde se localiza, qual a intensidade, por quanto tempo dura. Caso procure um médico, ele perguntará exatamente isso. Portanto, já observe todas essas condições.
  • Livre-se de roupas apertadas: principalmente na parte do tronco. Afrouxe gravatas, desabotoe cintos e botões.
  • Não faça esforço: pelo menos até a dor passar.
  • Respire: não fique em lugares fechados. Dê preferência à locais arejados, onde há circulação constante de ar.
  • Use compressas mornas: se a dor for muscular, o alívio será quase que imediato.
  • Solte gases: os gases podem comprimir a parede do tórax, causando uma dor intensa. Tome medicamentos que os eliminam, com a Simeticona.

Em caso desta dor não diminuir ou, até mesmo, aumentar, procure ajuda especializada.

Para conhecer os outros tipos de dor: Clique aqui



Recomendado para você:

Loading...


Política de Privacidade


Alimentação
Receitas
Frases, Mensagens e Imagens
Cachorros e Raças
Emagrece ou Engorda?
Shake
Suplementos
Tattoos
Esportes