Dor de Cabeça: Veja as Técnicas Simples para Sarar e Fármacos

remedio caseiro para com massagens enxaqueca

Veja as maneiras simples e naturais de amenizar daquele sofrimento na parte superior do corpo:

Quem já passou por isso, sabe o quanto é ruim. A cefaleia, como também é conhecida, pode atrapalhar – e muito – o dia a dia das pessoas, deixando-as letárgicas e se sentindo mal. Geralmente, ela é um sintoma comum, relacionado ao estresse cotidiano e alguma doença que congestione as vias respiratórias. Porém, em casos mais graves, ela deve ser tratada por profissionais.

Analgésicos são fundamentais em uma crise de enxaqueca. Também os descongestionantes ajudam a amenizar a sensação da dor. Porém, quando recorrentes e de muita intensidade, é importante procurar ajuda médica, para que haja uma investigação mais aprofundada sobre essas crises dolorosas.

O que é:

A cefaleia é uma condição física, onde o paciente sente dores em diferentes áreas da cabeça. Pode acontecer devido ao estresse, cansaço, excesso de bebidas, ou como sintomas de outras doenças. No primeiro caso, o indicado é relaxar, evitar o consumo dos líquidos e usar um analgésico. Já no segundo, o ideal é procurar um profissional da saúde, para que ele investigue o que pode estar causando a dor.
nuca enjoo no topo de


pr

Essa condição é recorrente. A maior parte da população apresenta (ou já apresentou) dores na região da cabeça. Como dito, quando em casos isolados, essa dor é apenas uma reação do organismo, avisando que algo está acelerado demais. Porém, é importante estar atento à sintomas combinados, para evitar que problemas mais graves acometam.

Tipos :

As dores podem aparecem nas laterais da cabeça (geralmente a mais constante), na parte frontal, na nuca e até nela como um todo. Geralmente podem apresentar características pulsantes, latejantes e com pressão. As crises de enxaqueca também podem ser acompanhadas de vertigem, náusea ou vômitos.

Já foram contabilizados mais de 200 tipos de cefaleia. Cada uma delas exige um tratamento adequado, podendo ser sintoma de outras condições de saúde mais graves. O ideal é que um médico seja procurado e que se evite a automedicação.

Na Nuca:

Quando a dor está mais intensa nesta região, pode ser sintoma de má postura ou de problemas relacionados à coluna. Além disso, essa dor pode ser sintoma de alta pressão arterial. Em casos ainda mais graves, pode indicar a ocorrência de meningite.

Nos dois últimos casos, é necessário procurar um médico, para descartar as possibilidades ou então iniciar um tratamento correto. Se estiver relacionado à postura, basta tomar um analgésico e fazer compressas quentes no local.

Na Testa:

Geralmente, quando a cefaleia está mais presente na parte frontal da cabeça, ela se refere à um sintoma de congestão nasal, onde há acúmulo de secreção no sinus. Para eliminar essa dor, é possível fazer inalações, de modo a eliminar a secreção. Se, além da dor, o paciente apresentar febre, ele deverá tomar medicamentos adequados para gripe e sinusite.

Frequente:

Dores frequentes podem estar associadas à uma enxaqueca crônica. Casos agravados dessa condição podem estar acompanhados de enjoo, vômito e sensibilidade aguçada (pela luminosidade e pelo barulho). O mais indicado, quando se encontrar nessa situação, é relaxar por um momento, de preferência em um local escuro, e tomar um analgésico. Se as dores se tornarem muito mais fortes que o comum e não cederem mesmo com o uso de medicamentos, é necessário procurar um médico.

Lado Direito:

As dores no lado direito geralmente estão ligadas a famosa enxaqueca. Quem possui essa condição terrível, conta que a dor parece se movimentar, em pulsos, se deslocando para a parte de trás da cabeça e, até mesmo, ao redor dos olhos.



pr

A enxaqueca, apesar de desagradável, dificilmente está associada com alguma outra condição de saúde mais grave, o que a torna menos preocupante. Por isso, as dores nas laterais da cabeça são consideradas menos perigosas. Ainda assim, como qualquer outra condição de dor, devem ser tratadas com exatidão.

Geralmente, o que causa a enxaqueca é o excesso de estresse. Porém, ele não é o único vilão para ela aparecer, podendo surgir por outros fatores: ansiedade, fome, fumar em excesso, exagerar no consumo de bebidas com cafeína e alcoólicas. A enxaqueca também pode surgir como um sintoma da deficiência visual. Por isso que pessoas que precisam usar óculos podem apresentar dores fortes.

Lado Esquerdo:

Tal qual o lado direito, quando a dor se instala no lado esquerda da cabeça, é sinal de uma enxaqueca forte. As dores laterais, pulsantes, que podem interferir até no olho ou atrás dele, são as mais intensas, porém as menos preocupantes. Geralmente elas são pontuais, não significando sintomas mais profundos de nenhuma doença.

lado direito constante forte

De qualquer maneira, mesmo que as dores laterais não signifiquem tanto risco, é interessante procurar um clínico geral ou um neurologista, principalmente se elas se mantiverem por mais de cinco dias. Eles avaliarão se há algum outro sintoma associado (como visão turva e perda de equilíbrio) e receitar o medicamento mais indicado para sanar essa situação.

Frontal:

As frontais podem ser ocasionadas por estresse e pelo consumo excessivo de bebidas alcoólicas. Bebidas com cafeína também podem ter efeitos negativos e o uso exagerado por gerar dor na parte da frente do rosto. Quando é causada pelo excesso de algum líquido, basta diminuir a quantidade e a dor tende a diminuir.

Quando é causado por tensão, essa condição pode afetar o corpo como um todo. Por isso, é importante estar atento para os sintomas. Se, associado à dor na cabeça, e também houver dor muscular, é importante desacelerar. Caso os sintomas persistam, é recomendado procurar um médico, para a prevenção de problemas maiores, causados pela tensão física e psicológica.

Remédios, Melhores e Mais Usados:

Quando ela ataca de maneira forte, é necessário se render à algum medicamento para alívio da dor. Nos casos das cefaleias primárias, as mais simples, por assim dizer, é possível resolver fazendo o uso de analgésicos. Eles podem ser combinados com cafeína, de modo a melhorar mais rápido a sensação da dor.

Entre os mais usados estão a Neosaldina, o Advil, Tylenol, Dorflex e a Aspirina. Mesmo os antigripais, como o Naldecon, podem auxiliar na redução da dor, quando ela é causada por congestão nasal. Todos esses medicamentos são encontrados nas farmácias, sem necessidade de receita médica. Para dores mais fortes, são indicados medicamentos específicos. Porém, para adquirir esses, é necessária a indicação médica.

Vale ressaltar que em caso de gravidez não tome nenhum remédio, mesmo caseiro sem orientação médica, pode ser prejudicial tanto para a mãe quanto para o bebê.

Preço:

Os valores variam de acordo com a indicação do medicamento. Analgésicos comuns podem ser encontrados a partir de R$ 5, podendo chegar à R$ 30, conforme a quantidade de comprimidos e embalagem. Já os medicamentos específicos (descongestionantes, relaxantes musculares, inibidores de pressão arterial), possuem valores diferenciados e só podem ser comprados com receita médica e os valores variam de farmácia para farmácia e região, lembre-se que os genéricos costumam ser bem mais baratos e possuem os mesmos compostos.

Para conhecer sobre as outras dores: Clique aqui

Clique aqui para conhecer dor nas costas, causas, consequências, o que fazer e como aliviar



Recomendado para você:

Loading...


Política de Privacidade


Alimentação
Receitas
Frases, Mensagens e Imagens
Cachorros e Raças
Emagrece ou Engorda?
Shake
Suplementos
Tattoos
Esportes