Gastrite Nervosa: Causas, Sintomas, Tratamento e O que Comer

almoço para

Veja o que é a inflamação que ocorre no revestimento do estômago de origem emocional:




Os hábitos rotineiros da maioria dos brasileiros estão indo de mal a pior. Por conta do estresse frequente e da ansiedade — considerada um dos grandes problemas da atualidade — muitos acabam desenvolvendo problemas no estômago. Uma delas, que pode ser adquirida pela rotina deteriorada, é a gastrite nervosa.

Essa doença é causada pela desestabilização emocional. Isso acaba gerando dores e queimação no órgão responsável por decompor o alimento. Quanto mais estressado, nervoso ou ansioso você vive, pior é para o seu organismo.

Como você pode notar, não são apenas os hábitos de alimentação ruins que causam doenças. Não ter as emoções estáveis podem desencadear vários tipos de problemas no corpo. Cuidar do seu emocional é essencial! Por este motivo, não deixe sua saúde mental para depois. Isso é sério.

Saiba mais sobre essa doença no decorrer do artigo.
dor nas costas tontura


pr



O que é:

Este problema de origem emocional — também conhecida por dispepsia funcional — é uma doença que gera males no estômago. Ela não é igual ao problema clássico, que causa inflamação, mas, também tem alguns sintomas bem incômodos.

Aqueles que a possuem sentem queimação, azia e ficam com a sensação de estômago cheio. O seu problema é devido a desordens emocionais, como estresse, nervosismo e ansiedade.

Existe tratamento para essa doença. Um bom exemplo é tomar medicamentos que possuem antiácido. Eles são suficientes para acalmar a mucosa do estômago e acabar com todos esses sintomas.

Porém, mais do que tratar os efeitos colaterais da doença, você deve procurar ter uma vida tranquila para que os sintomas emocionais sejam curados. Só assim você será livre totalmente desse problema.

Ela não é crônica. Assim que os problemas emocionais desaparecerem, ela também desaparecerá.

Sintomas :

Seus sintomas são peculiares. Aqueles que a possuem logo podem notar que:

  • Arrotam frequentemente;
  • Desconforto ou dor no estômago;
  • Sensação de que o órgão está cheio, mesmo quando ficou um longo período sem se alimentar;
  • Digestão lenta demais;
  • Dor de cabeça e mal estar;
  • Enjoo, ânsia de vômito (podendo ter vômitos frequentes) e perda de apetite;
  • Barriga inchada.

Caso você possua pelo menos três desses sintomas, é recomendado que você consulte um médico. De preferência, vá até um especialista no assunto, o gastroenterologista.

Caso não possua nenhum em sua cidade, um clínico geral será capaz de te auxiliar no tratamento, pois ela não é uma doença em que o acompanhamento de um profissional é extremamente necessário.

Vale lembrar que, muitos males por si só causam sintomas parecidos. Portanto, não é uma boa ideia você fazer o seu próprio diagnóstico. Afinal, você não é um especialista, não é?



pr

Sempre devemos frisar que é de suma importância consultar um médico para saber exatamente o que está passando no seu corpo. Pode ser que os antiácidos melhorem, mas que a doença não seja a que está sendo tratada aqui.

Quais são os Melhores Medicamentos :

Você sabe o que é bom para controlar esse tipo de problema? Pode ser que ainda não tenha esse conhecimento, mas, aqui, nós temos todas as informações para você!

Os medicamentos mais efetivos para o tratamento da doença em que estamos falando são aqueles que possuem antiácidos em sua composição. É bem fácil encontrá-los, basta ir até uma farmácia próxima de sua casa.

Entretanto, como já foi dito acima, é necessário que você queira tratar a sua saúde mental, que é a causadora dessa doença. Não adianta nada usar algum remédio. Se deixar o tratamento para depois, pode ser que a gastrite vire algo muito mais sério. Cuidado!

Outro fator importante é lembrar que a automedicação nunca é uma boa solução e pode agravar os problemas. Os antiácidos causam um alívio, porém, se os sintomas não melhorarem, vá até um pronto-socorro de sua cidade. Eles saberão quais são as próximas medidas a serem tomadas.

cardápio para

Métodos Caseiros :

Outra opção que você possui é melhorar a sua alimentação. Um método caseiro e bem fácil de ser feito. Caso o seu estômago esteja doendo nesse momento, faça a ingestão daquilo que é simples de comer, como carnes grelhadas ou magras. Você também pode recorrer a vegetais cozidos e frutas que não possuem casca.

Se tiver uma crise, não coma desesperadamente. Prefira comer alimentos leves e, de forma alguma, tome leite. Ele pode piorar a situação do seu órgão!

Alimentos ricos em gordura também devem ser evitados, como linguiça, salsicha, bacon, frituras, pimenta, café e chocolate. Evite produtos com gás, como refrigerantes e águas gaseificadas. Bebidas alcóolicas e chás artificiais também não são recomendados.

Outra recomendação que você pode seguir é evitar comer correndo. Para fazer alguma refeição, escolha um lugar tranquilo e que não te apresse a fazer a alimentação. Também não beba líquidos durante a ingestão.

A batata é um antiácido natural, por isso, tomar um suco feito de uma delas é muito eficiente para combater este problema estomacal.

É bem simples: Pegue uma batata descascada e bata no liquidificador ou processador.

Para ajudar ainda mais, coloque um pouco de água. De preferência, tome em jejum.

Loading...

Tem cura:

Sim, tem cura. O tratamento realizado é suficiente. Porém, como nesse caso, ela é um sintoma de problemas emocionais, sua saúde mental deve ser tratada com seriedade. Ela pode sumir totalmente entre uma e duas semanas, com remédios regulares e combatendo os problemas mentais que foram a causa da mesma.

Mas, caso seu nervosismo, ansiedade ou estresse não forem cuidados, ela poderá aparecer.

Em alguns casos, ainda mais forte. Por este motivo é recomendado que você não só invista em remédios para o estômago, mas que foque o tratamento no problema real, que está em seu emocional.

Preço:

Os medicamentos para o caso nervoso geralmente são baratos. Na farmácia, você pode encontrar produtos eficientes por menos de R$10. Além dos remédios artificiais, é possível optar pelos vegetais (como a batata) e as frutas (como a banana e a pera). Todas as citadas são muito eficientes quando sucos são feitos com elas.

Agora, caso você precise fazer um exame para o diagnóstico, terá que gastar entre R$300 e R$600 para realizar uma endoscopia. Em alguns lugares, esse preço pode até ser mais caro do que isso.

Para conhecer sobre outras doenças: Clique aqui

Clique aqui para conhecer halitose, o que é, sintomas, tipos e como tratar para eliminar


Recomendado para você:

Loading...


Política de Privacidade


Alimentação
Receitas
Frases, Mensagens e Imagens
Cachorros e Raças
Emagrece ou Engorda?
Shake
Suplementos
Tattoos
Esportes