Viagra: 25mg, 50mg, 100mg, Bula e Quanto Tempo Dura o Efeito!

drogasil quanto custa

Veja como funciona e contraindicações do fármaco estimulante sexual masculino:


Atualmente, a autoestima de muitas pessoas fica abalada pela perda de qualidade na relação sexual. Embora a disfunção erétil seja mais comum do que se imagina, muitos relacionamentos ficam desestabilizados em decorrência disso.

A impotência sexual é a incapacidade e/ou a dificuldade de se ter ou ainda de manter a ereção do pênis. Essa situação desde a primeira vez pode passar a acontecer cerca de 50% de todas as tentativas de realização do sexo com o homem acometido com esse problema.

No entanto, esse transtorno pode ser tratado por meio da utilização dos medicamentos como, por exemplo, o acima citado. Além deles, é possível também utilizar chás de plantas potencialmente medicinais e algumas outras receitas caseiras.

Frequentemente, a impotência sexual acomete os homens que possuem idade de 50 até 80 anos. Essa disfunção, além de afetar a saúde sexual e a intimidade do homem, ocasiona também problemas psicológicos que reduz consideravelmente a qualidade de vida como a depressão.

como cortar o efeito do


pr

O que é:

Inicialmente, esse fármaco foi desenvolvido para realizar o tratamento de homens e mulheres que sofrem com a Angina (doença que acomete as artérias). Porém, houve inúmeros relatos do sexo masculino quando a potencialização das ereções durante a relação íntima. Desse modo, iniciou-se uma fase de análise de todos os efeitos que o Viagra proporcionava.

Este que é popularmente conhecido como “azulzinho”. Ele é um tipo de estimulante sexual que é capaz de elevar o desejo pelo sexo e promove ereções mais duradouras. Esse remédio, de fato, revolucionou o sexo a partir do momento em que foi lançado (1998) pela Pfizer e ainda despertou uma discussão sobre o tema, impotência sexual, entre os homens e as mulheres.

O mesmo consegue elevar o fluxo de sangue que vai para o pênis quando acontece o estímulo e também a excitação. Ressalta-se que ele não motiva ereções de maneira indesejada e ou sem estímulos.

Bula:

 

Composição:

Cada comprimido do remédio é revestido com 25mg, com 50mg ou ainda com 100mg, contendo o citrato de sildenafila que equivale a quantidade de miligramas.

Seus excipientes são:

  • Celulose microcristalina;
  • Fosfato do cálcio dibásico anidro;
  • Estearato de magnésio;
  • Groscarmelose sódica;
  • Opadry Azul (lactose, hipromelose, triacetina, dióxido do titânio e índigo carmim alumínio laca);
  • Opadry Transparente (triacetina e hipromelose).

Ação esperada:

Ele age para relaxar a musculatura dos corpos cavernosos (estrutura principal erétil do pênis) e dilatar as artérias responsáveis por bombear até eles. Assim, a entrada do sangue é facilitada e consequentemente a ereção é estimulada. Para sua eficácia, é preciso o estímulo sexual.

Contraindicações:

Este medicamento não é indicado para pacientes que estão sob tratamento com outros que contenham nitrato orgânico, óxido nítrico e/ou nitritos orgânicos. Além disso, a coadministração dos inibidores PDE5, com o medicamento tema do texto ou com estimulantes da guanilato ciclase, também são contraindicados devido ao risco de hipotensão sintomática.

Assim sendo, antes de fazer o uso do remédio, é primordial consultar o médico principalmente se estiver usando outros com as substâncias citadas acima. Ademais, se a pessoa tiver sensibilidade a qualquer componente na fórmula, não é recomendado o seu uso. Mulheres e indivíduos com idade inferior a 18 anos também não devem utilizá-lo.

Genérico:

Viagra é a marca mais famosa do medicamento que é fabricado com o princípio ativo de nome Sildenafil. No entanto, ela não é a única mas é a substância principal para o tratamento do problema em questão.

tomar quanto tempo antes
Conforme já citado, esse medicamento inicialmente não foi elaborado para a impotência e sim para curar doenças cardíacas.

No entanto, no decorrer do tempo, notou-se a eficácia para reverter os quadros de disfunção da ereção. Além da marca original mais conhecida, os pacientes podem optar por adquirir o genérico.

Um remédio genérico é caracterizado por um produto que contém igualmente os ingredientes fármacos ativos na formulação original ou sob referência. Esse tipo de medicamento é qualificado também conforme o efeito terapêutico e precisa ser similar com o produto fabricado inicialmente por outro fabricante.

Dessa forma, quando se diz genérico faz-se menção a um remédio que não foi produzido pela organização farmacêutica a qual deu origem ao nome comercial. Porém, também é utilizado para o tratamento de impotência no sexo, neste caso. A maioria dos médicos bem como também os farmacêuticos, consideram fármacos genéricos somente os que possuem efeitos comprovados por meio de estudos da bioequivalência, isto é, o paciente é capaz de absorver completamente os ingredientes ativos no genérico e no original equivalentemente iguais.

Conforme a lei dos medicamentos, há uma exigência que obriga todo e qualquer fabricante de medicamentos originais a divulgar em sua totalidade a investigação posteriormente a queda da sua patente.

Dessa maneira, todos os estudos tornam-se públicos e os produtores dos medicamentos do tipo genérico podem ter acesso às informações e garantir a permissão de fabricação dos mesmos.



Não obstante, o “azulzinho” genérico obrigatoriamente tem que apresentar uma segurança relacionada a sua utilização igualmente ao original de referência.

Portanto, os fabricantes de todas as versões de remédio genérico não possuem obrigatoriedade de conduzir a fórmula aos estudos clínicos e também toxicológicos, pois a segurança e o efeito foram devidamente comprovados e fornecidos pelo seu desenvolvedor.

Verdadeiramente, o genérico funciona da mesma maneira do que a versão original. O remédio genérico contém em sua fórmula, o mesmo princípio ativo que o outro tem. Entretanto, seguindo a mesma equivalência, qualquer laboratório é autorizado e pode produzi-lo.

Viagra Feminino:

Embora seja apelidado como viagra feminino, o remédio para melhorar a libido feminina possui o princípio ativo “flibanserin”. Ele atua dentro do organismo diferentemente dos outros estimuladores elaborados para o sexo masculino.

Ele foi lançado no ano de 2015 e aprovado pelo FDA (é um órgão norte americano responsável por regular toda a comercialização de alimentos e também dos medicamentos).

Enquanto para os homens os medicamentos aumentam a quantidade do fluxo de sangue na área genital, o excitante feminino atua nos neurotransmissores do cérebro. Resumidamente, o masculino potencializa a ereção do homem e o flibanserin eleva o apetite sexual da mulher.

De início, ele é recomendado para todas as mulheres que possuem o Transtorno no Desejo Sexual de forma Hipoativa (TDSH). Essa é uma condição neurológica que reduz e/ou exclui o interesse da mulher pelo sexo.

ultrafarma feminino

Não obstante, o seu uso é permitido somente sob estrita prescrição médica devido a exigência de identificação do transtorno.

O excitante feminino foi desenvolvido para proporcionar objetivos de forma similar ao azulzinho masculino. Diante de algumas peculiaridades, ele não fornece um efeito imediato e a ingestão deve ser diária e continua.

Para o sexo feminino, há também a utilização da opção natural. Essa alternativa, age no organismo e reacendem a vontade e o prazer pelo sexo.

Esse efeito é provocado devido ao composto de diversas ervas associadas em uma única fórmula com ações naturais afrodisíacas. Elas influenciam notadamente o prazer bem como propiciam orgasmos de grau muito mais intenso. Além disso, age no aumento do fluxo de sangue em todo o corpo elevando, assim, a sensibilidade e, principalmente, ao toque íntimo.

Essa sensibilidade, de fato, revela um desejo de permanecer próximo ao parceiro e ainda manter as relações sexuais juntamente com ele. Essa novidade ao longo do tempo ajuda muitas mulheres com baixa líbido. Essa fórmula é receitada inclusive como remédio homeopático para as mulheres que estão na fase da menopausa e que perderam o apetite e prazer no sexo.

Diferentemente do masculino, a famosa pílula rosa possui menos tempo no mercado. Mas, é notório como ele é aderido cada dia mais pelas mulheres. Há relatos de que a chama de muitos relacionamentos reacenderam com a utilização em conjunto dos medicamentos pelo homem e também pela mulher.




Para Mulher:

A queda da libido, acomete muitas mulheres principalmente quando avançam uma determinada idade. Elas perdem ao longo do tempo de maneira natural o desejo de manter a vida sexual ativa.

Todavia, além dessa forma natural de perda, há outros fatores que contribuem para isso, como por exemplo:

  • Mulheres que sofrem com os problemas e descontrole das emoções;
  • Autoestima comprometida;
  • Sobrecarga dos compromissos diários;
  • Dias corridos e muito cansativos;
  • Distúrbios hormonais;
  • Estresse excessivo.

Outro fator que ocasiona a supressão do apetite sexual é o momento que a mulher transforma-se em mãe.

Certamente é uma transformação vasta para a vida da mulher. Ocorre então uma reviravolta e ela é obrigada a reaver todas as suas prioridades bem como a atenção muitas vezes precisa ser direcionada exclusivamente ao bebê recém-chegado.

Assim, as atividades e as responsabilidades da maternidade realmente influenciam e reduz a vontade e energia para o sexo. Essa circunstância esfria e provoca um período de insatisfação e dificuldades na relação do casal.

Vale lembrar que os motivos podem mudar de acordo com cada mulher. No entanto, dentre todos os reais motivos, o que se destaca sobre a influência é a monotonia. Por isso, buscar novas experiências e trazer para a hora do sexo com o parceiro revitaliza e apimenta qualquer relação. Porém, a na maioria dos casos isso realmente não acontece.

É importante frisar que, as mulheres não são iguais aos homens. Para que o sexo seja prazeroso, elas tem a necessidade de serem estimuladas. Em vista disso, as preliminares são primordiais para esquentar e garantir que o sexo seja completo e amplamente prazeroso para ambas as partes.

Por conseguinte, para as mulheres, o remédio é uma excelente ajuda para melhorar a qualidade da vida sexual. Mas, o seu uso não pode ser indiscriminadamente ou ainda quando essa falta de desejo estiver relacionada ao estresse, a depressão ou por outros problemas do relacionamento.



pr

farmácia popular

Para esses casos, o paciente muitas vezes não possui carência de hormônios, portanto, a correção não é necessária por meio da intervenção química no cérebro. A terapia, se mostra muito eficaz em várias dessas situações.

Contudo, a mulher se mostra muito mais resistente ao sexo diferente do homem. Mas se deseja optar pelo estimulante sexual, aconselha-se a orientação, avaliação e indicação do profissional de saúde.

Como tomar:

Para que o remédio seja devidamente absorvido por todo o organismo eficientemente, é primordial alimentar-se cerca de uma hora anteriormente ao consumo do comprimido. Todavia, não é aconselhado ingerir alimentos com alto teor de gordura, pois pode atrapalhar a absorção total das drágeas.

O uso deve ser para adultos na seguinte maneira:

  • Ingerir 50 mg sob dose única quando for necessário e sempre aproximadamente 60 minutos anteriormente à relação sexual. Conforme a tolerância e a eficácia em cada pessoa, permite-se o aumento da dose para a máxima aconselhada de 100g no dia. Ou, se necessário, reduzir para 25 mg. Ressalta-se que a frequência de ingestão é de uma vez por dia.

A dose adequada para cada paciente deve ser calculada somente pelo médico profissional. Lembrando que se ultrapassar a dose máxima o risco dos efeitos negativos eleva consideravelmente. Isso porque a duração de cada comprimido dentro do organismo é de até 4 h, independentemente da quantidade de miligramas (25, 50 e 100).

Quanto tempo dura o efeito:





Os impactos do medicamento pode variar em cada pessoa. Habitualmente, o efeito inicia aproximadamente 30 minutos após a ingestão da drágea.

Salienta-se que tomar esse fármaco não garante a ereção. O seu consumo deve ser associado aos estímulos íntimos, sejam eles táteis, visuais ou não para, de verdade, ocorrer a ereção.

Se a pessoa estiver sob tratamento com algum tipo de remédio controlado e/ou em tratamento de alguma doença pontual, se ingerir também o “azulzinho” ambos podem sofrer interferência. A combinação de medicamentos distintos pode modificar a funcionalidade e também a duração do processo da ereção.

A alimentação também influencia no tempo de duração, pois dependendo do tipo de alimento o processo de digestão é mais lento e assim há uma dificuldade na metabolização do remédio.

Em contrapartida, ficar com o estômago totalmente vazio também não é bom. Os reflexos ao fármaco é mais acelerado e, por isso, pode ser perigoso. Ademais, controlar a ingestão do álcool é importante pois o mesmo reduz o fluxo de sangue na região do pênis e prejudica a ereção.

Os que possuem idade superior a 65 anos, geralmente, dispõe de efeitos mais longos. Isso ocorre devido a lentidão do metabolismo dessa faixa etária, ou seja, se o organismo tarda para metabolizar toda a substância, consequentemente a ação permanece por mais tempo.

Efeitos colaterais:

Assim como qualquer outro tipo de medicamento, esse também possui reações adversas. Ele no entanto, é conhecido com um tipo perigoso devido alto índice de efeitos colaterais e ainda muitos casos de acometimento de infarto ao longo da relação íntima sexual.

droga raia pague menos

Dentre todos os efeitos colaterais, estão:

  • Dores de cabeça;
  • Náuseas;
  • Rubores na face;
  • Variação na visão;
  • Arritmia Cardíaca;
  • Infarto;
  • Desmaios;
  • Perda da sensibilidade do pênis;
  • Mal estar;
  • Ansiedade.

Há também efeitos como o priapismo, porém, os acontecimentos são raros. É uma condição a qual a ereção ao invés de ser prazerosa é dolorosa e geralmente dura cerca de 4 horas. Se esse fato ocorrer, é necessário procurar ajuda médica urgentemente. Embora seja incomum, a combinação do Viagra com as drogas de caráter ilícito pode potencializar o surgimento desse problema.




Preço:

Sabe-se que há muitas opções de estimulantes sexuais no mercado. No entanto, alguns tipos considerados mais seguros são muito mais caros. É preciso atentar-se onde comprar, pois embora muitos sejam ofertados online, por exemplo, dependendo do local pode não ser original e oferece riscos para a saúde.

O medicamento desenvolvido inicialmente (original) possui o preço em torno de R$80,00. Já os comercializamos com formulação genérica o preço varia de R$ 20,00 até R$ 60,00.

As alternativas com sustâncias 100% naturais, possuem o valor um pouco mais elevado podendo chegar até R$200,00. Antes de iniciar a ingestão desse tipo de remédio, é preciso certificar-se que esse é de fato a melhor alternativa para o caso e somente o médico é quem pode analisar e recomendar o uso e a dosagem para seu problema.

Método Caseiro:

Estimuladores caseiros são fáceis de fazer e são excelentes possibilidades para melhorar o desejo sexual.

Melancia com limão:

  • Melancia – Ela é muito saborosa e além disso, detém de inúmeros nutrientes benéficos para a saúde. Possui propriedades importantes como o licopeno e a citrulina que atuam como afrodisíaco. Vale lembrar, que se adicionar sal ou açúcar, o efeito é inteiramente cortado.
  • Limão – Excelente para limpar o sangue, regular a pressão das artérias e melhorar todo o funcionamento cardiovascular. Dessa forma, propicia mais energia e também mais disposição na hora do sexo. Essa mistura é extremamente eficaz, pois contém substâncias que potencialmente aceleram o fluxo do sangue na área íntima, eleva o desempenho e consequentemente a força sexual.

na farmácia

Ingredientes:

 

Componente Quantidade
Melancia 01 unidade
Suco de limão 01 unidade

Modo de preparo:

  • 1.A quantidade de melancia deve ser o bastante para obter 1 litro do suco extraído da polpa sem adicionar água.
  • 2.Picar os pedaços e retirar o suco com ajuda de um liquidificador.
  • 3.As partes brancas também devem fazer parte do suco, pois nelas estão a maior concentração das substâncias com ação afrodisíacas.
  • 4.Posteriormente coar e transferir todo o suco para um recipiente e levar ao fogo.
  • 5.Aguardar ferver e cronometrar 4 minutos.
  • 6.Em seguida adicionar o suco extraído de 1 limão.
  • 7.Deixar ferver até reduzir pela metade com auxílio de uma colher de madeira.
  • 8.Depois desligar o fogo, tampar e aguardar esfriar durante 1 hora aproximadamente.
  • 9.Conservar na geladeira.

O consumo recomendado é sempre em jejum de preferência pela manhã 2 colheres do tipo de sopa.

A dose precisa ser repetida anteriormente ao jantar.

Medicamento Natural:

É notório como o desempenho sexual se tornou uma preocupação dos homens em qualquer idade. Ele de fato provoca estresse, frustração, ansiedade, vergonha e principalmente a queda da autoestima.

Loading...

Há também opções naturais para ajudar a resolver esse problema. Ao contrário dos estimulantes químicos, o estimulante natural não causa nenhum tipo de efeito colateral e não há contraindicações.

As ervas com substâncias estimulantes, são utilizadas para o tratamento de várias doenças e auxiliam para evitar outras variedades de problemas na saúde. Essas plantas fortalecem o sistema imunológico e/ou fazem a reposição ao organismo das substâncias primordiais para o funcionamento adequado.

Existem muitas alternativas permissíveis na natureza para aumentar e/ou melhorar a atividade sexual ou ainda auxiliar na melhora da disfunção erétil. Dentre os exemplos, temos:

  • Catuaba – Ela é popularmente conhecida pelo efeito afrodisíaco bem como a elevação da energia e também a disposição.
  • Epimedium – Trata-se de uma planta inibidora da enzima PDE5 que controla todo o fluxo do sangue na região do pênis.
  • Marapuama – É naturalmente poderosa e age para combater a impotência no sexo, a ejaculação de forma precoce, a infertilidade do sexo masculino, a falta da libido e da frigidez, reduz a fadiga e proporciona mais energia principalmente durante a relação sexual.
  • Maca Peruana – Ajuda a tratar disfunção erétil, ajudar a elevar a quantidade dos sêmens, aumenta consideravelmente o desejo pelo sexo (libido) e também a disposição do sexo feminino para o sexo.
  • Tribulus terrestres – Trata-se se um poderoso tipo de estimulante e combate a impotência no sexo. Além disso, é visto como um tipo Viagra natural feminino, porque aumenta o apetite sexual e minimiza a frigidez. O casal pode utilizar em conjunto para o tratamento da infertilidade e para melhorar a qualidade da relação íntima.

Essas ervas, podem ser consumidas na forma de chás que são muito eficazes para o tratamento de inúmeras doenças, além de ser potentes na elevação da libido e do prazer no sexo.
azulim
Em complemento, após muitos anos da revolução do remédio azul, muitas opções de remédios naturais foram lançados no mercado. Os resultados são, na verdade, semelhantes e com efeitos colaterais mínimos.

São fórmulas que foram submetidas a análise e que são atestadas e aprovadas pela ANVISA. A composição é com substâncias inteiramente naturais que não afetam negativamente o organismo e proporcionam aprimoramento na vida sexual. Uma alternativa natural e popular é o Xtrasize.

Este é um substituto ótimo do “azulzinho”. Não precisa de receita e/ou da indicação do médico para iniciar o consumo. Os efeitos positivos são observados rapidamente e a sua compra pode ser feita online.

Diante dos relatos, essa opção natural ajuda melhorar as seguintes situações:

  • Ereção mais prolongada;
  • Acaba com a ejaculação precoce;
  • Eleva a libido (desejo de fazer sexo);
  • Mais prazer;
  • Aumenta a autoestima.

Para conhecer tudo sobre os outros remédios: Veja aqui

Clique aqui e veja os benefícios do Levitra, para que serve, como tomar, quanto tempo dura, efeitos colaterais, se tem genérico e muito mais!



Recomendado para você:

Loading...


Política de Privacidade


Alimentação
Receitas
Frases, Mensagens e Imagens
Cachorros e Raças
Emagrece ou Engorda?
Shake
Suplementos
Tattoos
Esportes

1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (2 votos, média: 5.00 de 5)
Loading...