Dieta Atkins: Cardápio das Fases, Receitas, Alimentos e Dicas!

proteinas animais

Veja como funciona o plano alimentar que restringe a ingestão de qualquer tipo de hidrato de carbono:

Há décadas milhares de pessoas travam uma verdadeira batalha na luta contra o peso, uns almejam conseguir um corpo esbelto, livrando-se dos quilinhos indesejáveis, outros apenas utilizam da dieta para manter a boa forma e consequentemente melhor qualidade de vida.

Nesta luta contra a balança, várias dietas surgem para auxiliar no objetivo, umas mais fáceis de seguir, outras nem tanto, porém cada pessoa se adapta melhor a determinada alimentação, não havendo desta maneira, uma dieta única, milagrosa para todos, pois alguns não aceitarão muito bem uma ou outra regra, enquanto para outras a mesma poderá ser o divisor de águas, no que diz respeito a conseguir e/ou manter a boa forma.

O que é:

Ela foi desenvolvida por um americano, o médico cardiologista Dr. Robert Atkins, e foi criada na década de 70, em 1972 o médico lançou um livro que foi revisado ficando mais famoso ainda em 1992.
presunto livro


pr



Nesta dieta o consumo de carboidratos é reduzido de maneira significativa.

Ela é dividida em 4 fases, como veremos abaixo.

Fase 1 – Indução a Cetose:

Nesta primeira fase, ela deve ser seguida por um período de 15 dias, onde neste período o consumo de carboidrato deve ser reduzido a uma ingestão diária de 20 gramas, restringindo a alimentação a gordura animal e proteína.

O objetivo aqui é fazer o organismo entrar em processo de cetose, fazendo com que o organismo busque utilizar o tecido adiposo, transformando-o em energia, em linguagem simples, usar a gordura como fonte de energia e não os carboidratos. Para isso, a dieta é baseada no consumo de proteínas, frutos do mar, ovos e peixes, que são os chamados alimentos permitidos.

Neste período além de reduzir o consumo de carboidratos, deve-se beber bastante água, no mínimo 2 litros por dia.

Esta fase prepara o organismo para um período mais longo, e o esperado é que se perca cerca de 2 kg a 5 kg por semana.

Fase 2 – Perda de peso continuada – PPC:

Nesta fase os carboidratos voltam a serem consumidos, porém muito pouco, a cada semana pode ser adicionado cinco gramas de carboidrato, o objetivo é continuar a perda de peso, como o próprio nome sugere.


Alimentos tais como: queijos amarelos e creme de leite, e algumas oleaginosas poderão ser adicionados, porém com moderação.

É preciso aumentar o consumo de verduras e excluir do cardápio o cafezinho e o aspartame.

Fase 3 – Pré-manutenção:

Neste período, o consumo de carboidratos passa a ser de 100 gramas semanal. O objetivo aqui é manter o peso, não emagrecer mais, nem engorda mais, todos os alimentos proibidos na primeira fase de indução a cetose, e na segunda fase de perda de peso continuada, voltam a fazer parte do cardápio, porém uma vez por semana.

Nesta fase o tão desejado pãozinho volta a ser consumido e algumas leguminosas também, aqui o corpo começa a ser preparado para a manutenção.

Fase 4 – Manutenção:

A intenção é fazer com que os novos hábitos virem rotina, que a Atkins não seja uma dieta passageira, mais sim um estilo de vida, nesta fase a ingestão de carboidrato passa de 100 gramas para 200 a 500 gramas.

As pessoas que praticam atividade física podem consumir um pouco mais de carboidratos, mas não vale exagerar.
O controle do peso dever ser feito mensalmente.

Para que serve:

Assim esse estilo alimentar Atkins foi desenvolvido para tratamento de pessoas obesas, de uma maneira que após a redução do peso, a pessoa aprenda a manter o peso alcançado.

Benefícios:

Os benefícios são inúmeros, dentre eles:

  • Diminuição dos riscos de ataque cardíaco;
  • Diminuição de risco de acidente vascular cerebral;
  • Diminuição do nível de triglicerídeos;
  • Diminuição da pressão sanguínea;
  • Perda de peso;
  • Manutenção do peso;
  • Melhoria no nível de açúcar no sangue;
  • Aumento da saciedade;
  • Melhoria significativa na função do cérebro;
  • Aumento do desempenho físico e recuperação do corpo;
  • Pele mais saudável;
  • Melhoria na digestão;
  • Auxílio na prevenção do câncer;
  • Melhoria a qualidade do sono.

Com inúmeros benefícios nada de deixar para segunda-feira, o dia ideal para começar esta dieta é hoje mesmo!

receitas indução



pr

Antes e Depois:

Inúmeros depoimentos podem ser encontrados na internet referentes a pessoas que se submeteram a este programa alimentar, todas elas muito satisfeitas com os resultados obtidos. Várias fotos de antes e depois podem ser visualizadas em sites e revistas sobre saúde e bem-estar.

Além de todos os benefícios a saúde já mencionados, através dos depoimentos das pessoas, fica evidente o aumento da autoestima, proporcionando bem-estar e qualidade de vida as mesmas.

Alimentos permitidos:

  • Carne: Carnes vermelhas, Carne de porco, Carne de carneiro, Bacon, Salame, Presunto
  • Aves: Frango, Peru, Marreco, Pato
  • Ovos: Fritos, Assados, Cozidos, Mexidos, Omelete
  • Peixes e frutos do mar: Todos podem sem consumidos
  • Queijos: Somente o queijo amarelo devido o baixo índice de carboidrato, o consumo não deve ser maior que 100 gramas diárias. Queijo branco, ricota, queijo fresco estão proibidos
  • Verduras e Legumes: Somente com baixo índice de carboidratos, tais como: couve, espinafre, brócolis estão permitido
  • Bebidas: Água, Café ou chá sem açúcar, bebida alcoólica em pequena quantidade

Cardápio:

  • Café da manhã: Ovos mexidos com legumes…OU, Bacon e ovos…OU, Omelete com legumes feito na manteiga
  • Lanche da manhã: Meio abacate ou uma taça de gelatina sem açúcar e sem carboidratos
  • Almoço: Carne assada, salada verde, e abobrinha…OU, Sobrecoxa assada, brócolis e azeitonas…OU, Salada com frango desfiado, regado com azeite e azeitonas picadas
  • Lanche da tarde: Azeitonas, ou gelatina com creme de leite
  • Jantar: Carne assada, abóbora e salada verde…OU, Carne moída e verduras…OU,Costelinha de porco assada e verduras

Lembrando que na a partir da fase dois, os carboidratos voltam a ser incluídos na dieta, porém em pequenas quantidades.

Receitas:

no dia a dia

Frango e bacon com cogumelos:

Ingredientes:

Componente Quantidade
Sal Quanto basta
Manteiga 02 colheres de sopa
Manteiga 02 colheres de sopa
Peito frango médio 02 unidades
Alho poró Quanto basta
Cogumelo picado 01 xícara de chá
Bacon picado 01 xícara de chá

Modo de preparo:

  • 1.Unte a assadeira com a manteiga, disponha o frango com a pele virada para baixo, e tempere com alho e o sal;
  • 2. Leve no forno preaquecido a 180º C, vire o frango de vez em quando para assar dos dois lados;
  • 3. Quando o frango estiver quase no ponto, adicione o bacon e os cogumelos em cima do frango e deixe assar por aproximadamente 15 minutos;
  • 4.Quando estiver pronto, disponha em um prato e sirva acompanhado de salada verde.
Loading...

Que tal um docinho low carb, para se deliciar? Sim alguns são permitidos, como este aqui:

Receita de sorvete de creme:

Ingredientes:

Componente Quantidade
Creme de leite fresco 3 colheres de sopa
Essência Baunilha 01 colher de café
Adoçante stévia 01 pacote
Canela em pó Quanto basta

Modo de preparo:

  • 1.Misture o creme de leite, a baunilha e o adoçante;
  • 2.Bata o creme de leite até engrossar e aumentar e volume, o ponto é o de chantilly;
  • 3.Leve ao congelador por aproximadamente 25 minutos, e está pronto.
  • 4.Coloque a canela por cima do sorvete e saboreie sem culpa.

Para conhecer sobre as outras dietas: Clique aqui agora!

Clique aqui agora para conhecer a dieta alcalina, o que é, para que serve, benefícios, alimentos permitidos e cardápio


Recomendado para você:

Loading...


Política de Privacidade


Alimentação
Receitas
Frases, Mensagens e Imagens
Cachorros e Raças
Emagrece ou Engorda?
Shake
Suplementos
Tattoos
Esportes

1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (1 votos, média: 5.00 de 5)
Loading...