Tendinite: Como se Adquire, Tratamento e Como Prevenir!



Veja como se adquire, tratamento e como prevenir da Tendinite no ombro, na mão, no cotovelo e no pé.

O que é

É uma doença bastante comum na população e que se caracteriza principalmente como a inflamação do tendão, uma estrutura corpórea fibrosa que une os ossos aos músculos, permitindo o movimento.

A inflamação no tendão geralmente surge através da realização de atividades bastante repetitivas – logo, esta enfermidade pode ser considerada uma lesão por esforço repetitivo (LER).

Causas

Existem uma série de fatores que causam a inflamação dos tendões, como o já citado esforço repetitivo, infecções, distúrbios metabólicos, degeneração das articulações e doenças do sistema imunitário.

O estresse também pode estar relacionado com a inflamação dos tendões.

A sua ocorrência é comum no cotovelo, no pulso, no ombro, no pé e na mão.

Sintomas da Tendinite

Os sintomas são bem característicos, mas variam de acordo com a localidade e a intensidade do comprometimento do tendão.

Comumente, há dor intensa na região de inflamação do tendão, com vermelhidão local. Pode haver limitação de movimento e perda de força muscular.

Diagnóstico da Tendinite

O diagnóstico perpassa por algumas dificuldades.

Isso porque ao longo dos anos, esta enfermidade ganhou a fama de ser a doença presente quando não há nenhuma fratura óssea.

Ou seja, se o paciente apresenta dor em determinada região e no raio-X, por exemplo, não existem fraturas ósseas, então o diagnóstico era dado como esta enfermidade.

Hoje, utilizam-se métodos mais sofisticados de diagnóstico por imagem, como o uso de tomografias computadorizadas, ultra-som e ressonância magnética.

Ainda sim, os exames são inconclusivos.

Somente há certeza do seu diagnóstico quando realizado um procedimento mais complexo de diagnóstico, chamado exame anatomopatológico do tendão.

Tratamento da Tendinite

A medida emergencial do tratamento consiste justamente em imobilizar por completo o tendão afetado pela infecção, para que o repouso contribua com a recuperação da estrutura.

Nesse estágio, o acompanhamento médico é indispensável.

Apenas um médico profissional (ortopedista ou reumatologista, por exemplo) pode determinar o tempo de repouso do local, pois, se esse tempo for demasiadamente grande, pode haver a atrofia dos músculos na região, complicando o quadro de maneira considerável.



Pode-se aplicar gelo (lembre-se que o gelo em contato direto com a pele durante períodos longos provoca queimaduras, utilize sempre toalhas para auxiliá-lo), fazer fisioterapia local e utilizar remédios anti-inflamatórios.

gelo fisioterapia nimesulida tenoxil flanax pomada calminex pomada diclofenol

Tem cura, mas retorna caso não haja uma recuperação satisfatória ou mudança de hábitos.

Para evitar que a dor volte, recomenda-se correções das posturas durante o trabalho, fortalecimento muscular e alongamento dos músculos.Na minoria dos casos, pode haver necessidade de procedimento cirúrgico para restauração do tendão danificado.

Prevenção

Existem algumas medidas que podem ser tomadas para que se evite a inflamação dos tendões.

Deve-se realizar aquecimentos antes de um exercício físico ou esforço, acompanhados de alongamento muscular.

Reduzir o esforço causado pelos movimentos repetidos também contribui para evitar a doença.

Caso não seja possível cessar os movimentos, recomenda-se a realização de pausas periódicas para que o tendão possa repousar.

Ainda sim, manter uma alimentação balanceada e saudável e a prática regular de exercícios físicos certamente contribuem para a saúde dos seus tendões.

Tendinite x Bursite

Nesse ponto, já se compreende que esta doença é a inflamação do tendão.

No entanto, comumente se confunde esta doença com uma outra, a bursite.

Notar que enquanto Tendinite refere-se a um processo de inflamação do tendão, bursite refere-se a um processo de inflamação da bursa, uma pequena bolsa preenchida com um líquido que evita o contato direto e atrito entre algumas estruturas do corpo, protegendo-as do desgaste, como tendões e ossos.

A confusão se dá em razão da semelhança dos sintomas, pois a bursite também se caracteriza por dores na região da inflamação e limitação da capacidade motora.

Para o tratamento de bursite, é extremamente recomendada a realização de compressas frias.

Clique aqui agora para ver o que fazer no olho e quanto tempo dura quando pega o Terçol