Herpes Zóster: Transmissão e Contágio. Tratamento Caseiro?



Veja a transmissão e contágio do Herpes Zóster. Tem cura com o tratamento caseiro ou aciclovir?

O que é

Herpes Zóster, ou cobreiro, como é popularmente conhecida, é uma doença causada por um vírus que é uma variação do vírus causador do herpes simples e que manifesta nos doentes feridas e lesões na pele.

O vírus do tipo Zóster também pode causar catapora, uma doença rara que causa lesões na pele e que acomete em geral pessoas com o sistema imunológico deficiente, como idosos ou até mesmo pessoas diagnosticadas com AIDS.

Dados estatísticos mostram que mais de 95% dos adultos brasileiros já tiveram contato com o vírus de alguma forma e que 1 pessoa em 3 o terá em sua vida.

Transmissão

Essa doença causa lesões na pele, geralmente em forma de vesículas que em muito se assemelham a bolhas.

Com a eclosão das vesículas que se formam na pele, há a liberação de uma secreção potencialmente contagiosa.

Dessa forma, o contágio se dá pelo contato com a secreção liberada após a ruptura das vesículas características da doença.

No entanto, não basta o contato com a secreção para estar contaminado: para a infecção se desenvolver, o organismo que teve contato com o vírus deve estar com o sistema imunológico enfraquecido.

Sintomas do Herpes Zóster

Como explicitado acima, o sintoma característico consiste na formação de vesículas na pele, que acumulam secreções responsáveis pela transmissão do vírus a outros organismos.

O aparecimento das lesões pode ser acompanhado por dores de cabeça, febre e mal-estar.

Fotos

Selecionamos a imagem abaixo para ilustrar seu efeito:

Cobrão



Tratamento

É uma doença causada por um vírus; portanto, o tratamento para essa doença perpassa pela administração de agentes antivirais, que ajudarão o sistema imunológico a combater e frear o processo infeccioso.

Os principais antivirais utilizados para esse fim são o Aciclovir e Famciclovir.

Não pode ser curada e o tratamento consiste justamente em tentar retardar o avanço da doença através da ação dos antivirais e controlar a gravidade das lesões que surgem na pele do paciente.

Existem algumas receitas de tratamentos caseiros que se mostram eficazes no tratamento das lesões, como a realização de compressas com óleo de chá verde e com mel.

Neuralgia pós-herpética

Em geral, a herpes zóster é bem controlada com as medidas de tratamento citadas aqui.

No entanto, deve-se ressaltar que o tratamento pode não se mostrar eficaz e a doença pode evoluir para a sua fase crônica: a chamada neuralgia pós-herpética.

Essa fase é caracterizada por intensa dor que ocorre de maneira permanente e exige acompanhamentos da Medicina da Dor e psicológico, por afetar em muito a qualidade de vida dos pacientes com essa doença.

Prevenção do Herpes Zóster

A principal e mais confiável forma de prevenção da doença é através da vacina, que já está disponível.

A vacina consiste do mesmo material da vacina contra varicela (catapora), porém com uma dose reforçada do agente imunizante.

Não existem efeitos colaterais relacionados à vacina, apenas aqueles que se limitam ao ato da aplicação: dor e inchaço no local de entrada da agulha.

Ainda sim, faz-se necessário manter uma dieta balanceada e prática regular de exercícios físicos para que se mantenha um sistema imunológico fortalecido capaz impedir a instalação do vírus no organismo.

Clique aqui agora para ver ocorre como tratar a Herpes com aciclovir