Herpes: Aciclovir Comprimido, Pomada, Bula e Preço. Cobrão?



Veja como tratar a Herpes com aciclovir e ezopen quando aparece a boqueira e cobrão. E se for sífilis?

Escolha qual Herpes você deseja conhecer melhor:

O que é

Herpes, ou herpes simples, é uma doença bastante comum causada por um vírus (é portanto uma virose) e que afeta,na maioria dos casos em que se manifesta,a região da boca ou dos órgãos genitais.

Existem 2 vírus que causam esta doença, o HSV1 (vírus do tipo 1) e o HSV2 (vírus do tipo 2).

Embora os vírus sejam semelhantes em vários aspectos, existem também diferenças cruciais entre eles.

O vírus HSV1 conta com características que o tornam proporcionalmente mais agressivo à região da mucosa da boca.

O vírus HSV2, por sua vez, conta com características que o tornam mais agressivo para a mucosa da região genital.

Notar que o fato de o vírus HSV1 atingir com mais violência a região da boca, não significa que não possa causar o tipo genital; assim como não é válido dizer que o vírus HSV2, por ser comumente causador do tipo genital, não pode causar o tipo labial.

Muito se fala dos tipos labial e genital, e a impressão que dá é que são as únicas manifestações do vírus no corpo.

Isso é falso; esta doença pode manifestar seus sintomas em outras regiões do corpo.

Tipos

O objetivo é explicar de maneira simplificada a diferença entre alguns tipos de herpes.

Genital

Quando o vírus causador acomete principalmente a região genital (região vaginal ou peniana).

Labial

Quando o vírus causador acomete principalmente a região da boca.

Simples

É uma doença causada por vírus HSV (tipo 1 ou 2).

Zóster

É uma doença causada por um vírus variante do HSV.

É conhecida popularmente como cobreiro e tem como principal sintoma formação de vesículas vermelhas e doloridas na região atingida.

simples mucosa ceratite herpetica

Transmissão

O vírus é extremamente comum e deve estar presente na grande maioria das pessoas.

Isso porque a transmissão do vírus é fácil e ocorre através do contato direto entre a pessoa infectada com o vírus e a pessoa saudável.

Notar que há aqui uma observação importante a se fazer: quando uma pessoa contrai o vírus HSV(1 ou 2), não significa dizer que ela manifestará sintomas da doença.

Isso porque o vírus nem sempre consegue se instalar de maneira efetiva no corpo.

Um sistema imunológico fortalecido e uso de medicamentos específicos podem tornar extremamente difícil a continuidade do processo infeccioso.

Essa situação acarreta em uma ausência de sintomas, mas não de vírus, e é justamente esse o ponto.

Uma pessoa pode ter o vírus sem saber (pois não existem sintomas indicando que há possivelmente uma infecção viral em curso) e continuar a ter contato normalmente com seu círculo social, transmitindo o vírus através das atividades do cotidiano.



Mostra-se mais uma vez clara a necessidade da realização de exames clínicos periódicos.

A transmissão desses vírus também podem ocorrer através do compartilhamento de objetos pessoais, embora essa via seja proporcionalmente menos comum quando em comparada à tradicional.

É extremamente importante ressaltar que é facilmente transmitido pelo ato sexual, principalmente se houver contato entre a boca e a genitália, uma delas infectadas com o vírus.

Sintomas

Os principais sintomas descritos por pacientes são febre, aumento de nódulos linfáticos e principalmente lesões na região da boca, palato, gengivas, lábios e genitais.

Lesões na boca podem ser causadas também por outras doenças que não a herpes, como a queilite angular(popularmente conhecida como boqueira).

estresse exposicao ao sol

Portanto, evite o autodiagnóstico e em caso de dúvidas, procure um médico.

Novamente, as lesões podem se manifestar em outras regiões do corpo.

Existem algumas complicações neurológicas que podem ter relação com a presença do vírus no corpo, como por exemplo Mal de Alzheimer.

Diagnóstico

O diagnóstico em geral é bastante simples e realizado a partir da análise das feridas e lesões.

No entanto, pode-se requerer também testes laboratoriais que analisem a presença de anticorpos contra o vírus HSV no sangue.

Caso existam anticorpos acima do nível normal, conclui-se que há uma infecção viral em curso.

Ainda pode ser realizado um outro procedimento, que consiste da retirada de uma porção da lesão e realização de cultura de vírus a partir dela.

Tratamento da Herpes

Não tem cura!

O tratamento visa extirpar os sintomas manifestados da doença.

Para isso, faz-se comumente o uso de fármacos específicos, que tenham propriedades antivirais capazes de deter a ação do vírus no organismo, a exemplo do aciclovir(pomada) e ezopen (comprimido).

A bula do aciclovir tem todas as informações para o usuário, bem como é disponível a sua versão em pomada.

O preço do aciclovir varia entre pomada e comprimido. A pomada de 10g e pode custar até R$30,00. Os comprimidos de 200mg custam em torno de R$50,00 a caixa com dez unidades, enquanto com 400 mg custa aproximadamente R$60,00 a caixa com dez comprimidos.

Prevenção

É difícil pensar em prevenção quando se trata desta doença, visto a facilidade de transmissão do vírus.

Pode-se evitar contato com lesões abertas e também realizar sexo seguro, de modo que não haja contato direto entre os órgãos genitais e a região bucal.

Clique aqui agora para ver como se pega a transmissão do HPV

diminuidor