Fimose: Em Bebê, Infantil e Feminina. Precisa de Cirurgia?






Veja como saber se tenho Fimose e se atrapalha o crescimento. Pomada resolve ou precisa de cirurgia?

Não é motivo para assustar-se.

Se foi diagnosticada a presença em seu menino, não se preocupe pois, é fato bastante comum.

97% dos meninos nascem com um tipo de Fimose fisiológica.




Mas, a maioria consegue livrar-se do problema até os 3 anos de idade.

Em bebê é um problema normal na parte sexual masculina. Esta pequena pele que encobre a ponta do pênis, dificultando a exposição da glande e na maioria das vezes impossibilitando a correta higiene.

O que acontece é que geralmente o prepúcio vai soltando-se naturalmente e depois desta idade, só 10% dos meninos permanecem com o problema.

Mas, vamos com calma. Precisamos primeiro entender do que se trata.

O que é

É considerada pelo Ministério da Saúde como uma patologia dos órgãos genitais masculinos é está classificada com o Cid 10:47 (CID- Classificação Internacional de Doenças).

Pode ser definida como: fisiológica ou adquirida.

Fimose Fisiológica

É bastante comum.

A maioria dos homens nasce com ela.

É também chamada fimose infantil.

Trata-se da incapacidade de pôr para fora do prepúcio, a glande. Trocando em miúdos.

Glande é justamente a ponta ou a cabeça do pênis.

Prepúcio é aquela pele que o reveste.

Quando a pele (prepúcio) não consegue ser retraída naturalmente, sem causar dor ou desconforto, expondo a glande (cabeça do Pênis), diz-se que há Fimose.

dermatite amoniacal parafimose fase falica postec

Quando a ocorrência é fisiológica o prepúcio vai gradativamente se desprendendo.

Tudo acontece naturalmente e a pele se torna retrátil, permitindo a ereção normal do pênis.

Este descolamento se dá sem que seja necessário forçar ou fazer massagens ou realizar qualquer tipo de intervenção.

Caso, não seja normalizada até os 3 primeiros anos de vida, passa a ser considerada patológica e precisará de tratamento.

Fimose Adquirida

Em alguns casos, a má higiene e o acúmulo de sujeira fazem proliferar bactérias dentro da pele que recobre o pênis.

Surgem então, infecções que podem deixar cicatrizes.

E estas marcas passam a impedir a retração do prepúcio.

Nestas situações o anel ou abertura do prepúcio ficam mais estreitas, dificultando expor a glande.

Sendo assim, instala-se a versão adquirida.

E o homem adulto que antes não tinha este problema passa a tê-lo.




O que pode causar?

– Dificuldade de ereção ou ereção dolorosa;

– Hematúria (sangue na urina);

– Dificuldade de micção;

– Infecções urinárias frequentes.

Tratamento

Quando o problema não desaparece nos primeiros anos de vida é preciso tratá-lo.

Mas, somente um urologista pode recomendar a melhor maneira de tratamento.

Não é aconselhável que o papai e mamãe forcem a pele para tentar retraí-la, pois podem causar lesões, gerando cicatrizes que aumenta esta prega no pênis.

Cirurgia ou Circuncisão

Alguns médicos aconselham a cirurgia ou circuncisão.

Veja fotos de antes e depois da cirurgia:

balano postites postectomia balanoprepucial betnovate

Esta é feita depois de 7 anos, mais ou menos até os 9 anos de idade, pouco antes do início da puberdade.

É um procedimento simples que resolve rapidamente o problema.

Tratamento Tópico

Outros especialistas optam por fazerem um tratamento através de medicação tópica.

Ou seja, o uso de uma pomada, que é aplicada diariamente na área da glande, por um período de tempo específico.

Você deve estar se perguntando como isto pode resolver o problema, não é?

Pois, eu respondo: A pomada vai amolecendo e afinando a pele do prepúcio e a abertura vai se expandindo até dar passagem normal à cabeça do pênis (glande).

Se no decorrer de dois meses estiver diminuindo, a criança não precisará de cirurgia.

No entanto este processo é realizado em crianças antes dos 5 anos de idade. E costuma dar certo em 60% dos casos.

Em todos os outros casos, em meninos maiores e adultos, a cirurgia é necessária.

Fimose feminina

Mas, o que pouca gente sabe é que também existe a versão feminina.

Esta acontece quando a menina nasce com aderência nos pequenos lábios da vagina, cobrindo a abertura.

Assim como com nos meninos, o problema costuma se resolver até os 3 anos.

Em caso contrário é preciso optar pela cirurgia.

As pregas no pênis é patologia que pode ser facilmente tratada.

Basta buscar ajuda médica.

Mas, muita gente não conta com as informações necessárias para saber tomar as providências corretas, e acaba agravando a questão.

Se você conhece alguém que precisa saber mais sobre este assunto, compartilhe.

Clique aqui agora para ver Furúnculo no rosto, interno, gigante e o tratamento caseiro

Recomendado para você:






Política de Privacidade