Paracetamol: Para que serve, Indicações e Composição!




tylenol

Veja a bula, para que serve e indicações do Paracetamosl




O paracetamol é atualmente um dos remédios mais populares e consumidos pelos brasileiros. É indicado principalmente para redução da febre e alívio de dores.
Este fármaco é classificado como analgésico e antitérmico.
Um dos fatores que o torna tão popular é seu rápido efeito, que ocorre na maioria das vezes após 15 minutos de sua administração. A permanência do mesmo no organismo é de 4 a 6 horas.

Antes da ascensão dos medicamentos genéricos, o medicamento era comercializado pelo nome de Tylenol.

Além disso, este princípio ativo está presente na composição de diversos medicamentos, em especial, os indicados para tratamento de gripes e resfriados.




Para que serve

O mesmo possui efeitos distintos quando administrado em adultos ou em crianças.

Nos adultos, o remédio é indicado para:

• Redução de febre;

• Dor associada a resfriados;

Dor de cabeça;

quanto tempo para fazer efeito








• Dor de dente;

• Dores moderadas no corpo;

• Dor nas costas;

• Dores musculares;

• Dores leves e relacionadas a artrites;

• Cólicas menstruais;

• Dismenorreia.

Já em crianças e bebês indica-se para:

• Redução da febre;

• Dor relacionada a gripe e resfriados;

• Dor de garganta;

• Dor de cabeça;

• Dor de dente.

Como age?

A atuação deste remédio ocorre diretamente sobre o Sistema Nervoso Central (SNC), isto faz com que o medicamento seja bastante eficaz, tanto no que diz respeito a diminuição da temperatura corporal quanto no alívio de dores.

O acetaminofeno, mais conhecido como paracetamol é um remédio que possui propriedades analgésicas. A sua atuação ocorre através da inibição do ácido araquidônico, impedindo assim a síntese de prostaglandinas, que são as enzimas responsáveis pelo aparecimento da dor. Sendo assim, a pessoa passa a não sentir mais dor.

quantas gotas posologia

Este medicamento porém, não possui propriedades anti-inflamatórias, sendo assim trará apenas alívio para a dor, nos locais que possam estar inflamados.

Contraindicações

Este remédio é contraindicado nos seguintes casos;

• Em pacientes que possuem alergia ao composto;

• Em pacientes doentes do fígado ou rins;

• Em mulheres grávidas, sem orientação médica;

• Em crianças menores de 12 anos.

Venda

O medicamento pode ser adquirido tanto em comprimidos quanto em gotas, principalmente, como também em suspensão e xaropes. Em hospitais costuma-se utilizar este medicamento na forma injetável.

Preço

Este fármaco possui um preço bastante acessível, e este é um dos motivos pelos quais ele se tenha tornando tão popular entre as pessoas.

da sono

O preço deste medicamento é bastante variável, dependendo do laboratório que fez a sua manipulação. O Tylenol, que é o fármaco que precursor do paracetamol, comumente apresenta valor um pouco acima do que o medicamento genérico.

O preço também variará de acordo com a quantidade de comprimidos da cartela e a concentração do princípio ativo em cada comprimido. No caso do remédio em gotas, a variação do preço ocorre de acordo com a concentração do princípio ativo e do volume do frasco do medicamento.

A média dos preços deste remédio, são:

• 750 mg, com 20 comprimidos: R$12,50

• 500 mg, com 4 comprimidos: R$ 2,10

• 750 mg, com 2 comprimidos: R$ 2,70

• Gotas – 200 mg/ml (15 mL): R$ 7,50

Posologia




Em adultos e crianças e acima de doze anos, recomenda-se a administração de doses de 500 a 1000 mg, de 4 em 4 horas, ou de 6 em 6 horas. Deve-se ressaltar porém que a dose diária total é de no máximo 4 g.

Comprimido – 500 mg

Recomenda-se a ingestão de 1 ou 2 comprimidos, dependendo da gravidades das dores, 3 a 4 vezes ao dia.

Comprimido – 750 mg

Recomenda-se a ingestão de 1 comprimido, 3 a 5 vezes do dia, dependendo da gravidade das dores.

Os comprimidos não devem ser partidos ou mastigados.

Gotas

Para crianças maiores de doze anos e adultos, recomenda-se a administração de trinta e cinco a cinquenta e cinco gotas, 3 a 5 vezes ao dia, dependendo da gravidade das dores.

dor de garganta de quanto em quanto tempo

Em crianças, a administração deve ser de 1 gota para cada quilo de peso corporal (por exemplo, uma criança que pesa 20 quilos, deverá tomar 20 gotas do medicamento). No entanto, a dose máxima deverá ser de 35 gotas.

Para a administração em suspensão ou xarope, consulte a bula do medicamento.

Efeitos colaterais

Os efeitos colaterais de maior incidência pelo uso do medicamento, são os seguintes:

• Erupções cutâneas;

• Eritema pigmentar fixo;

• Urticária;

• Angiodema;

• Hipoglicemia;

• Choque anafilático;





• Cansaço;

• Sono;

• Anemia hemolítica;

• Broncoespasmo;

• Hepatite;

• Dificuldade ou dor ao urinar;

• Perda de apetite.

• Em pessoas com comprometimento metabólico, o uso pode ser letal.

Contraindicações

dor de cabeça faz mal

A utilização deste medicamento é contraindicada em pessoas que possuem hipersensibilidade ao paracetamol ou a qualquer uma das substâncias que fazem parte de sua composição.

Advertências e precauções

• Este medicamento não deve ser administrado juntamente com bebidas alcoólicas;

• Não se deve ultrapassar a dose máxima recomendada, pois tal atitude poderá causar graves problemas de saúde;

• Se estiver grávida ou amamentando, informe o seu médico antes de tomar o medicamento;

• Caso apareça qualquer tipo de alergia ao remédio, suspenda imediatamente a administração deste;

• Este fármaco não deve ser administrado por períodos superiores a 10 dias, em caso de dores, ou por mais de 3 dias em casos de febre, salvo sob orientação médica;

• Pacientes que ingerem bebidas alcoólicas regularmente deverão consultar o médico antes de tomar este medicamento, devido à maior incidência de doenças hepáticas nestes;

• Pacientes idosos poderão fazer uso do mesmo, entretanto as reações adversas são mais susceptíveis em pacientes desta faixa etária;





Interações medicamentosas

O paracetamol não deve ser administrado juntamente com alimentos, visto que a absorção do medicamento será retardada.

A administração dele concomitantemente com os medicamentos barbitúricos, carbamazepina, hidantoína, rifampicina e sulfimpirazona não é recomendada devido a hepatotoxicidade ocasionada pelos mesmos.

O uso pode alterar também o resultado de alguns exames laboratoriais, tais como o da taxa de glicose e de ácido úrico.

Superdosagem

O baixo custo deste medicamento, tem levado muitos doentes a utilizarem doses acima da recomendada pelos médicos.
Nestes casos, recomenda-se buscar ajuda médica imediatamente para desintoxicação, uma vez que estudos indicam que o mesmo é bastante nocivo ao fígado, em especial, os de pessoas que estão com o sistema imunológico comprometido. A desintoxicação ocorre através da lavagem gástrica, utilização de carvão ativado e do antídoto acetilcisteína que pode ser administrado tanto oralmente quanto por via intravenosa.

dosagem por peso da cólica

Para saber se a pessoa está intoxicada com está substância, deve-se observar os sintomas apresentados pela mesma. Os principais sintomas que podem indicar a superdosagem são: náusea, vômito, anorexia, sudorese intensa, palidez e mal-estar. Estes sintomas costumar aparecer apenas 24 horas após a ingestão do medicamento.

Em muitos casos, a superdosagem pode ser letal.

Perguntas e respostas – informações úteis

Em caso de esquecimento de tomar o medicamento, como proceder?

Se você esquecer de tomar o medicamento no horário determinado, deve-se ingeri-lo assim que se lembrar. No entanto a próxima dose deverá ser administrada somente depois de 4 ou 6 horas da administração desta, dependendo da periodicidade indicada pelo médico.

Por quanto tempo posso guardar o remédio?

Deve-se manter o medicamento sob o abrigo de luz e a temperatura ambiente por um período de 24 meses a partir de sua data de fabricação.





Entretanto, antes de consumi-lo deve-se observar o seu aspecto, especialmente se o mesmo estiver guardado a bastante tempo.

Pessoas com problemas no fígado, podem tomar o medicamento?

A resposta é não. Pessoas com problemas hepáticos devem evitar consumir este medicamento, devido ao possível agravamento e comprometimento do fígado.

Pessoas com dengue, podem tomar paracetamol?

A resposta é sim, desde que sob prescrição médica. Pessoas com dengue devem evitar medicamentos que possuem ácido acetil salicílico em sua composição.

Qual medicamento é melhor: paracetamol ou ibuprofeno?

A resposta é: depende. Os dois medicamentos são excelentes e indicados para os mesmos sintomas. No entanto, o paracetamol é um analgésico enquanto que o ibuprofeno além de analgésico é também anti-inflamatório, ou seja, se houver algum local inflamado, ele ajuda no combate a inflamação.





Deve-se tomar o remédio antes ou depois das refeições?

A resposta é tanto faz. Este medicamento pode ser administrado a qualquer hora do dia, preferencialmente sob prescrição médica. No entanto, os alimentos podem dificultar a absorção do medicamento, fazendo com que o seu efeito demore um pouco mais para ocorrer.

O comprimido pode ser triturado para ajudar na ingestão?

A resposta é não. Caso tenha dificuldade para engolir o comprimido, sugere-se a utilização do remédio em gotas. O comprimido não deve ser triturado ou mastigado em nenhuma situação.

Pode-se utilizar juntamente com outros analgésicos?

A resposta é não, salvo sob orientação médica. Não é recomendado a utilização deste medicamento juntamente com ácido acetilsalicílico, cetoprofeno, ibuprofeno, dentre outros analgésicos. Sendo assim, informe seu médico ou dentista no momento da consulta se estiver fazendo uso do mesmo.

Para outras informações ou em caso de dúvidas, recomenda-se fazer a leitura da bula do medicamento, visto que as informações contidas neste artigo não tem a pretensão de substituí-la, ou então consultar um médico.


Recomendado para você:






Política de PrivacidadePolítica de Privacidade

Clique aqui agora para ver como tomar, indicações e efeitos colaterais da Prednisona

1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (1,888 votos, média: 4.80 de 5)
Loading...