Haldol: Gotas, injetável, comprimido, indicações e efeitos colaterais

o que e bula posologia dosagem decanoato

Confira tudo sobre este medicamento, para que serve, como funciona, informações da bula do decanoato, posologia, se tem genérico e preço


Este é nome comercial de uma medicação psiquiátrica denominada Haloperidol. Trata-se de uma medicação muito importante, sendo umas das primeiras medicações usadas na psiquiatria para o tratamento da esquizofrenia.

Este fármaco pertence à classe de medicamentos antipsicóticos de primeira geração de alta potência. Ele é indicado para pacientes que apresentam transtorno psicótico, e apesar de ser utilizado já há algum tempo continua muito recomendado pelos médicos devido sua alta eficiência.

A atuação dele ocorre da seguinte maneira: quando o sistema dopaminérgico está muito estimulado, como ocorre na esquizofrenia, por exemplo, temos um excesso de liberação do neurotransmissor que se chama dopamina, a dopamina em excesso vai causar os sintomas que chamamos de sintomas positivos, neste momento o medicamento age como antagonista da dopamina, ou seja, o remédio irá se ligar no receptor aonde iria se ligar a dopamina, impedindo que a dopamina atue nessa região, em outras palavras, o medicamento diminui a ação da dopamina.

decanoato para que serve solucao inicacao generico


pr

Para que serve:

O remédio serve principalmente para controlar os sintomas da esquizofrenia, tais como delírios, alucinações, desconfiança não usual, mas também pode ser utilizado nos seguintes casos:

  • confusão mental;
  • agitação psicomotora;
  • para o tratamento de movimentos incontrolados, como por exemplo, tiques e soluços.
  • em transtornos esquizoafetivos;
  • na fase de mania do transtorno de bipolaridade;
  • em casos de agitação diversos;
  • nas doenças psiquiátricas e/ou orgânicas.

Pode-se dizer que este fármaco possui uma aplicabilidade bem ampla, obtendo-se resultados bastante satisfatórios em todas elas. No entanto, infelizmente algumas pessoas não se adaptam com o mesmo devido a quantidade excessiva de efeitos colaterais.

Bula do Decanoato:

Este medicamento é utilizado no tratamento de transtorno psicótico, ou seja, no tratamento de pacientes que apresentam sintomas de dificuldade para interpretar os fatos da realidade, um exemplo é o caso de esquizofrenia, no delírio o paciente tem uma interpretação de fatos da realidade totalmente distorcida, e que não mudam mesmo diante de explicação lógica, um exemplo é o delírio persecutório, onde o paciente tem absoluta certeza de que está sendo perseguido por outro, porém mesmo não sendo verdade, o paciente não se convence, não muda essa certeza que tem de estar sendo perseguido, mesmo com argumentações lógicas.


Posologia:

Na esquizofrenia é indicado tanto na fase aguda quanto na fase de manutenção do quadro crônico, a dose média que se utiliza, geralmente é de 5mg a 20 mg, que podem ser divididas em 2 a 3 vezes ao dia.

Como funciona:

O efeito esperado deste medicamento para o caso de esquizofrenia não ocorre em suas primeiras doses. Somente após 2 semanas é que começam a aparecer os primeiros resultados.

Já para o tratamento de agitação e agressividade, os benefícios já começam a aparecer logo após a ingestão das primeiras dosagens.
Recomenda-se que durante o tratamento com este medicamento, o paciente evite operar máquinas e dirigir, visto que, com a administração deste, a sua atenção poderá ser comprometida.

A interrupção da utilização deste fármaco deve ocorrer de maneira gradual, a fim de se evitar efeitos colaterais indesejados, como por exemplo náuseas e vômitos. Por este motivo, jamais interrompa o tratamento abruptamente.



pr

Formas de apresentação:

Podemos encontrar este medicamento em comprimidos, gotas e injetável, e os efeitos benéficos começam a aparecer por volta de 15 a 20 dias de tratamento com o uso diário.

  • Comprimido: existem na versão de 1 mg ou na 5 mg, contendo 20 comprimidos em cada embalagem;
  • Gotas: frascos de 30 ml com conta gotas;
  • Injetável: embalagem contendo 5 ampolas com 1 ml cada.

A meia vida do mesmo, ou seja, o tempo mínimo necessário para que a dosagem diminuí em 50% na corrente sanguínea varia de 15 a 37 horas, porém o pico no sangue se dá entre 1 a 4 horas após o uso do medicamento.

Contraindicações:

O medicamento não deve ser usado nas seguintes situações:

  • Pessoas portadoras do mal de Parkinson;
  • Pessoas que apresentaram quadro de sonolência após o início do tratamento;
  • Pessoas alérgicas ao produto;
  • Gestantes.

Superdosagem:

Em casos de superdosagem, o médico deverá ser contatado imediatamente. Os sinais de uma possível superdosagem são: tremores graves, perda de atenção, dificuldade de concentração e contrações musculares.


Efeitos Colaterais:

Os efeitos colaterais, ou efeitos extrapiramidais, são comuns nesses fármacos de primeira geração, e são:

  • Contrações musculares agudas, contrações involuntárias em formas de espasmos, que podem chegar a contrair até a língua, e os músculos da face;
  • Sensação de agitação motora;
  • Extrema ansiedade, impossibilitando o paciente de ficar parado, mesmo que esteja sentado, o paciente não consegue ficar com a perna parada, com os braços parados, os pacientes geralmente se queixam muito desse sintoma;
  • Rigidez muscular;
  • Boca seca;
  • Sonolência;
  • Tremor;
  • Excesso de salivação;
  • e os três sintomas clássicos que são classificados como sintomas de Parkinsonismo, pois é muito semelhante ao sintomas existente na doença de Parkinson, porém ele é induzido pela droga, os sintomas de Parkinsonismo são rigidez muscular, tremor fino, dor de cabeça e marcha curta.

Loading...

Os sintomas colaterais tendem a variar com a dose, dose mais alta tendem a ter mais efeitos colaterais, doses mais baixas tendem a ter menos efeito colateral, no entanto o efeito colateral varia de pessoa para pessoa, desta maneira, todos efeitos colaterais devem ser informados ao médico para que o mesmo faça o ajuste necessário conforme a necessidade do paciente.

Outros sintomas apresentados pelos pacientes, porém, em menor quantidade são:

  • Insônia;
  • Tristeza;
  • Depressão;
  • Falta de expressões faciais;
  • Andar de maneira anormal;
  • Tontura;
  • Náuseas;
  • Vômito;
  • Dificuldade para urinar.

Sintomas como convulsões, urticária, inchaço no rosto existem, no entanto são menos comuns.

Genérico:

O genérico deste é o Haloperidol, que se trata do próprio nome da substância neurolépticas, esses medicamentos são facilmente encontrados nas farmácias e drogarias e disponibilizados também pelo sistema único de saúde (SUS).

A venda desse medicamento só pode ser realizada mediante a retenção da receita médica.

5mg generico contraindicacao injetavel gotas

Preço:

Os valores deste remédio são bastante variáveis, de acordo com o laboratório que o manipulou. Confira abaixo o preço médio de cada uma de suas apresentações.

  • Comprimido: o preço varia entre R$ 6,00 a R$ 15,00;
  • Gotas: o preço varia entre R$ 10,00 a R$ 17.00;
  • Injetável o preço varia entre R$ 100,00 a R$ 130.00.

Vale ressaltar que como todo medicamento, este também deverá ser utilizado somente recomendação médica. Jamais se automedique.

Para maiores informações sobre o mesmo, deve-se consultar a sua bula ou então obtê-las de um médico especializado, que é sem dúvida, a melhor maneira.

Clique aqui e veja tudo sobre outros remédios, para que serve, como funciona, bula, posologia, preço e muito mais!

Clique aqui para conhecer tudo sobre o clonazepam, para que serve, bula, efeitos colaterais, preço e dosagem



Recomendado para você:

Loading...


Política de Privacidade


Alimentação
Receitas
Frases, Mensagens e Imagens
Cachorros e Raças
Emagrece ou Engorda?
Shake
Suplementos
Tattoos
Esportes

1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (1 votos, média: 5.00 de 5)
Loading...