Dexametasona: Indicações, Preço, Posologia do Xarope e Injetável!

conjuntivite alérgica ceratite, úlceras marginais corneanas alérgicas

Veja indicações, preço, posologia da Dexametasona comprimido, xarope e injetável!


O QUE É
É um medicamento que possui ações anti-inflamatórias e antialérgicas pertencente à família dos corticosteroides. É considerado um imunossupressor, isto é, um fármaco que bloqueia a atividade do sistema de defesa do organismo, deste modo pode prevenir ou até mesmo romper processos inflamatórios e alérgicos.
Atualmente é bastante recomendado pelos médicos devido a sua eficiência sem muitas agreções ao organismo.
PARA QUE SERVE
Este medicamento é indicado para o tratamento das seguintes enfermidades:

• Alergias;

• Infecções causadas por fungos;

• Doenças reumáticas;

• Doenças de pele;

• Doenças oculares;

• Doenças hormonais;

• Doenças gastrintestinais;

• Edema cerebral.

Preço

O preço é variável, dependendo da forma adquirida, uma vez que ele pode ser administrado via oral (comprimidos), injetável, creme, xarope ou colírio. De maneira geral, o valor está entre R$ 5,00 e R$ 20,00.

Pomada

Tem gente que pergunta a pomada para que serve?

A pomada é indicada para o tratamento de queimaduras, dermatites, reações alérgicas a picadas de insetos.

Após a aplicação do medicamento, aconselha-se a cobertura da área afetada por uma gaze.

Nas farmácias são encontradas pomadas com 10 mg, Recomenda-se a aplicação do medicamento de 2 a 4 vezes ao dia, dependendo da gravidade e recomendação médica.

Colírio

Esta versão é recomendada em especial para o tratamento de conjuntivite. Orienta-se aos pacientes realizar a agitação do medicamento antes de sua utilização, bem como evitar o contato da embalagem do medicamento ao local infectado a fim de se evitar contaminações.

Comprimidos

A posologia da dexametasona quando administrada via oral é variável, dependendo da gravidade da enfermidade, quadro clínico e resposta do paciente. Em situações nas quais a dor é extrema, são permitidas altas dosagens, por um curto período de tempo, e após o controle da doença, aconselha-se a diminuição gradativa do fármaco até a sua total suspensão quando a mesma tiver que ser administrada por um longo período.



Xarope

O xarope é prescrito para redução de inflamações como artrite e colite, alergias como asma brônquica e rinite, tratamentos de pele e ainda para o tratamento de tireoidite. Aconselha-se não ingerir o medicamento com o estômago vazio a fim de se evitar possíveis problemas.

eritema poliformo grave púrpura trombocitopênica idiopática

diminuidor

Contraindicações

A dexametasona é contraindicada para pacientes que possuem algumas dessas doenças:

• Diabetes;

• Tuberculose;

• Infecções fúngicas, bacterianas ou virais;

• AIDS;

• Insuficiência cardíaca;

• Disfunção renal ou hepática grave;

• Glaucoma de ângulo aberto.

Em outros casos, tais como gravidez e lactação e administração em crianças sugere-se cautela na utilização deste fármaco, devendo ser utilizado portanto sempre sob acompanhamento médico.





Efeitos colaterais

Como todo medicamento, a dexametasona possui efeitos colaterais, sendo os mais comuns no caso de ingestão oral: retenção de líquidos, cefaleia, vertigens e irregularidades menstruais. Quando administradas em forma de pomadas podem ocorrer irritações e coceiras no local afetado, porém isto ocorre quando a pomada é utilizada por muito tempo.

Interação Medicamentosa

Existe também a possibilidade de interação deste medicamento com outros medicamentos, dentre eles: anticoagulantes (varfarina e cumarinas), antiepiléticos (fenitoína e carbamazepina), antifúngicos (anfotericina), barbitúricos (fenobarbital), imunossupressores (metotrexato) e algumas vacinas.

Para maiores informações consultar a bula do medicamento ou então um médico. Deve-se sempre evitar a automedicação.

Clique aqui para ver o preço e onde comprar o remédio Minoxidil 5% gel e manipulado para cabelo, barba e sobrancelha.