Cefalexina: Para que Serve, Bula, Efeitos Colaterais e Preço



Conheça a Cefalexina 500mg. Veja a bula e efeitos colaterais, além de preço e onde comprar!

O que é

É o nome de um composto químico com determinadas propriedades farmacológicas de interesse.

Pertence a classe dos medicamentos conhecidos como antibióticos, sendo portanto utilizado largamente no combate de doenças causadas por bactérias – as bacterioses.

Uma curiosidade é que esse composto químico é bastante parecido, do ponto de vista químico, com as penicilinas, também utilizadas para combater bactérias específicas como a bactéria causadora da Sífilis, Treponema pallidum.



O nome do medicamento pode causar alguma confusão entre as pessoas.

Em geral, no âmbito médico-hospitalar, a famosa dor de cabeça é conhecida como cefaleia.

Portanto, a semelhança gráfica e de sonoridade entre este fármaco e cefaleia pode transmitir a ideia de que o medicamento é útil para aliviar a dor de cabeça, o que não é verdade a menos que essa dor de cabeça seja causada por alguma doença de natureza bacteriana.

Ainda nesse caso, o alívio do sintoma ocorrerá pelo combate à bactéria, e não por efeitos paliativos desse medicamento.

Apresentação

A versão original do medicamento (ou seja, a não genérica) é produzida pelo laboratório Medley e apresenta um padrão de fornecimento.

Esse medicamento não possui variedades em relação à concentração do composto nas cápsulas: todas são de concentração de 500 miligramas.

Portanto, as variedades do medicamento estão relacionadas à quantidade de cápsulas: existem versões que contam com 8 cápsulas, 10 cápsulas e até mesmo 40 cápsulas.

Na hora de comprar, vale a dica: em geral, comprar mais cápsulas dentro de um mesmo medicamento sai mais barato do que comprar o equivalente em várias porções menores.

Procure a versão que melhor se adeque à sua necessidade.

A versão em comprimidos é para consumo adulto e ocorre via oral.

combate virus tomar com alimento

Também está disponível em suspensão (“xarope”).

Essas versões se diferenciam em relação à concentração do composto na suspensão.

Uma primeira versão conta com uma concentração de 250 miligramas em 5 mililitros de suspensão.

A segunda conta com uma concentração de 500 miligramas em 5 mililitros de suspensão.

O volume é de 100 mL por frasco do remédio e acompanha uma seringa para a dosagem da droga.

Indicação

Como já citado nesse artigo, este fármaco é utilizada principalmente como antibiótico, por ser capaz de neutralizar a ação de diversas bactérias durante um possível processo infeccioso.

É eficaz contra uma série de bactérias, a saber:

– Staphylococcus epidermides;

– Escherichia coli;

– Staphylococcus aureus;

– Streptococcus pneumoniae;

– Proteus mirabilis;

– Streptococcus pyogene;

– Klebsiella pneumoniae.

Possui muitas indicações e em princípio é muito eficaz no tratamento de diversas doenças como infecções dentárias, infecções no aparelho urinário, infecções no aparelho , infecções nos ossos e na pele causadas por bactérias.

Este remédio se tornou muito popular pois serve para de dor de garganta e, especificamente, para doenças que acometem o sistema respiratório como faringites (inflamação da faringe), laringites (inflamação da laringe) e amigdalites (inflamação das amígdalas).

Notar que esse não é o único medicamento com essa propriedade: outros compostos como a Azitromicina também são muito eficazes no tratamento de doenças respiratórias.

A escolha do medicamento ficará a critério do médico responsável e deve levar em conta as individualidades do quadro clínico do paciente.

Posologia

O remédio pode ser utilizado para tratar uma série de doenças; logo, pode-se prever que o modo de utilização do medicamento varia em função das particularidades do quadro clínico do paciente que fará o uso da droga.

A bula do remédio disponibiliza algumas informações sobre posologia e intervalos de consumo do fármaco.

Em relação à versão do remédio em cápsulas: o consumo do medicamento varia de 1g até 4 gramas do remédio, em porções divididas, por dia.

Para se ter uma ideia: um paciente diagnosticado com pneumonia causada por Streptococcus pneumoniae deve fazer uso de 500 mg de droga por cada período de seis horas.

Para as versões em suspensão, a dose adequada e o intervalo de ingestão da droga variam muito de acordo com o peso do paciente e com a gravidade do quadro clínico. Por isso, em caso de dúvidas consulte a bula completa do medicamento.

trato geniturinario tomar sem alimento




diminuidor

Efeitos colaterais

Assim como a grande maioria das substâncias farmacêuticas, este fármaco pode também associar alguns sintomas e efeitos colaterais indesejados durante a administração.

Em geral, são relatados sintomas como dores de cabeça, náuseas, diarreia e dores na região abdominal.
Pode ocorrer ainda inflamação transitória do fígado, amarelamento dos olhos e da pele, erupções na pele, tontura, alucinação, confusão mental e doenças nas articulações.

Deve haver um cuidado específico com os pacientes que apresentam alguma sensibilidade aos componentes do medicamento.

Este fármaco é um derivado químico das penicilinas, que muitas vezes são alergênicos para as pessoas.

A sua administração para pacientes sensíveis pode provocar choque anafilático grave.

O medicamento pode ser usado durante a gravidez, mas apenas em caso de extrema necessidade, caso contrário, recomenda-se evitar o uso.

Mais características do remédio

Esse remédio possui uma série de medicamentos genéricos, como Betacef, Cefacimed, Cefagran, Cefaben, Ceflexin e Neo Ceflex.

O preço do remédio certamente varia de acordo com o tipo (se é Cefalexina Medley ou um genérico) e com a variedade (concentração do composto e forma de apresentação – cápsulas ou xarope).

Alguns valores para referência de preço:

Cefalexina 500mg genérico em cápsulas = R$ 8,00 a R$ 18,00

Cefalexina 250 mg genérico em suspensão = R$13,00 a R$ 39,00

O medicamento é extremamente eficiente no tratamento de doenças bacterianas.

É seguro e em geral não apresenta reações adversas graves, exceto nos casos de hipersensibilidade aos compostos químicos presentes no remédio.

No entanto, não basta saber para que serve o medicamento para tomá-lo: conte sempre com o auxílio de um médico profissional. Ele poderá decidir entre esse e outro medicamento e poderá fornecer um tratamento com dosagem e frequência de consumo adequados.

Clique aqui para ver se o remédio ETNA engorda, sua bula, preço e posologia.

Recomendado para você:






Política de Privacidade