Dieta Paleolítica: Como fazer, Cardápio e Receitas Simples



Alimentos permitidos na dieta paleolitica

Veja passo a passo o que comer, como fazer a Dieta Paleolítica e emagrecer em poucos dias com nossos cardápios e receitas!

O “paleolítico” foi um período da nossa história antiga, em que os hábitos e costumes das pessoas eram bastante rudimentares e lhes faltavam as condições de civilidade que temos hoje.

Porém, não lhes faltava algo que na atualidade está cada vez mais escasso: a saúde humana.

Para chegar a essa conclusão, basta analisar algumas coisas simples do dia a dia.

Em nosso caso, que estamos falando sobre dieta, podemos trabalhar sob os números do sobrepeso e da obesidade.

Embora hoje estejamos numa sociedade mais civilizada e tenhamos mais acesso às facilidades da vida, o número de pessoas que estão acima do seu peso ideal é muito grande e cada vez mais preocupante.

Por isso, talvez você até considere um exagero dizer que a dieta paleolítica está relacionada com um retorno ao modo de se alimentar nos primeiros séculos da nossa existência, mas a idéia é exatamente essa.

O que ela pretende é ensinar a você um cardápio / Menu congruente, que lhe faça deixar de lado os fast foods e lanches rápidos para comer aquilo que realmente faz bem ao seu organismo e pode lhe proporcionar saúde e bem estar. Confira!

1 – Aprendendo com nossos antepassados

Para ganhar massa muscular magra rápido, clique aqui.
Certamente nossos antepassados têm muitas coisas boas para nos ensinar, mas em quesito de alimentação cremos que tenham ainda mais bagagem que em qualquer outra vertente da vida.

Eles possuem ótimas experiências que sem dúvida alguma podem nos legar uma excelente forma de alimentação.

Mas precisamos compreender que nossa visão não deve ser lançada às gerações próximas de nós, e sim, aos nossos ancestrais antes da revolução agrícola, que ocorreu há cerca de 10.000 anos atrás.

Esses eram disciplinadíssimos para se alimentar, o que certamente precisamos aprender para colocar em prática no nosso quotidiano.

Livro pdf dieta paleo

diminuidor

2 – Estilos de dieta

Existem seguramente centenas de ‘vertentes’ da dieta paleolítica, e certamente não iremos falar sobre todas elas nesse artigo. Porém o Dr. Souto, escreveu um belíssimo livro sobre o assunto, e o recomendamos se desejar se aprofundar mais no assunto. Caso tenha a curiosidade e a possibilidade de ler, faça essa experiência. Com toda a certeza você vai encontrar muita coisa interessante para inserir na sua alimentação diariamente.

3 – Objetivos

Quais os objetivos para serem alcançados por quem a desenvolve? Simplesmente que seja capaz de emagrecer com saúde e de manter o peso que conquistou através do seguimento fiel da dieta, mesmo depois de já ter alcançado os resultados que esperava.

Essa é uma etapa muito importante porque com toda a certeza você não espera emagrecer apenas por um ou dois dias, mas quer resultados para toda a vida.



Anúncios por Copacet

4 – Como fazer

Você sabe como era a alimentação das pessoas no período paleolítico? Ela se baseava unicamente no consumo de frutas, verduras e carne. Nenhum tipo de alimento processado pode ser inserido nessa dieta.



Esqueça os amidos, o leite, os grãos, o sal e diversos outros que são obtidos através da industrialização dos elementos. Portanto, prepare-se para transformar completamente os seus hábitos alimentares e assumir, nesse quesito, a mentalidade do homem paleolítico.

Entretanto, muito cuidado com a maneira como você vai conduzir a dieta. Isso porque existem substâncias presentes em outros alimentos que certamente vão fazer falta ao seu organismo e, nesses casos, você precisa vir a consumi-los intercalados com a dieta.

Faça a sua dieta por 15 dias (no máximo) e depois volte ao consumo dos alimentos normalmente.

Depois de ao menos 7 dias se alimentando corretamente, você pode retomar a dieta. E assim deve ser o seu ciclo para sempre agir com segurança.

Cardapio e comidas da dieta do paleolitico

5 – Como “separar” os alimentos nas refeições do dia a dia?

Para saber exatamente como organizar as receitas que irá utilizar durante o decorrer dos dias, utilize o bom senso. Você precisa de refeições leves e pouco calóricas. Sabendo disso, tudo o que precisa fazer é criar seus pratos sem exagerar nos alimentos permitidos. Por exemplo: uma banana é mais que suficiente como lanche.

Se você tiver sempre esse cuidado, com toda a certeza vai alcançar os resultados que almeja a partir do desenvolvimento da dieta.

6 – Eficácia

Em apenas 7 dias já é possível que você tenha obtido avanços significativos em seu corpo. E se estendê-la por mais uma semana, pode até ver resultados ainda melhores.

Dependendo de qual seja o seu objetivo, pode ser que nessa primeira etapa já consiga tudo o que desejava. Ou não. Mas o fato é que a eficiência dela é comprovada e ninguém pode negar que seja uma excelente alternativa para quem precisa reduzir peso e medidas e ainda não encontrou a maneira certa de fazê-lo.

7 – Hipertrofia



Anúncios por Copacet

Para ganhar massa muscular magra rapidamente, clique aqui.
É interessante que, quando temos acesso aos estudos científicos que falam sobre o porte físico das pessoas (especialmente os homens) do período paleolítico, temos como referência pessoas grandes e saudáveis, com músculos desenvolvidos e pouca gordura ruim no corpo.

E isso tem uma explicação lógica: a alimentação, que é o grande trunfo que hoje estamos lhe apresentando; uma alimentação baseada naquilo que já lhe apresentamos, isto é, os vegetais e a carne.

Esse processo, portanto, é excelente para o desenvolvimento do corpo, que é também conhecido como “hipertrofia”, ou seja, o alargamento dos músculos. Portanto, além de ser perfeita para o emagrecimento, essa dieta também é ótima para quem deseja dilatar os músculos. Claro que isso depende da utilização de alimentos que levem a esse resultado.

Nesse caso, é interessante que sejam consumidas bastante carboidratos no dia a dia, o que não é difícil encontrar em meio aos vegetais.

Dieta Paleo Diet

8 – Benefícios

Provas de que a dieta do paleolítico é benéfica para o organismo, estão por todas as partes. Mas não poderíamos deixar de falar sobre a limpeza no corpo, o viço da pele e a eliminação de substâncias alergênicas, como os estabilizantes e os conservantes. O seu organismo certamente tem a ganhar com isso (e lhe agredecer também)!

Para ver a popular Dieta dos Pontos, clique aqui.