Dieta Dukan: Passo a Passo, Fases, Cardápio e Receitas



Dieta Dukan receitas cardapios e proteina

Veja passo a passo como fazer a Dieta Dukan, suas fases, cardápio e receitas!

Um dos maiores desafios que as pessoas enfrentam e que naturalmente causam grandes conflitos interiores é, sem dúvida alguma, a luta para obter um corpo saudável. Para ficar sempre no peso ideal nós sabemos que de fato trata-se de um caminho árduo e muito difícil de ser percorrido. No entanto, como tudo na vida, existe sempre maneira e maneiras, de se alcançar uma meta. Muitas vezes o que funciona para alguém, não necessariamente funcionará para você, mas no entanto sempre há uma forma mais rápida de se chegar a um objetivo.

Foi pensando nisso decidimos trazer para vocês o passo a passo de como fazer a dieta dukan e lhe mostrar como existem receitas simples que podem transformar (e muito) o seu conceito de alimentação saudável e de perda de peso! A dieta Dukan, talvez seja a dieta que você esteja procurando quando o assunto é emagrecer.

Como fazer a dieta

Há diversos livros no mercado que ensinam como deve ser feita a dieta Dukan, que aconselhamos o levantamento para conhecer mais a fundo o processo. Mas não tem segredos. Ela se estrutura em quatro fases, cada uma delas abrangendo uma etapa específica do processo de emagrecimento e de estabilização do peso ideal. Dessa forma, quando você inicia o processo de dieta, sabe que está começando um caminho e que esse deve ser seguido com rigorosidade para não acontecer um processo inverso.

As fases da dieta dukan são:

  •  Fase de ataque;
  •  Fase cruzeiro;
  •  Fase de consolidação;
  •  Fase de estabilização.

Compreenda agora como funciona cada uma delas e como você deve executá-las para alcançar os resultados prometidos.

Processo de emagrecimento

Pontos e proteinas da dieta dukan

diminuidor

1 – Fase de ataque

Essa é a fase mais complicada porque trata-se do período inicial. Mas, mesmo assim, a promessa é ótima: existe a possibilidade de perder até 5 kg em apenas 7 dias (uma semana). Para isso você deve colocar em seu cardápio 66 alimentos ricos em proteínas e que podem ser comidos à vontade, de acordo com o que você efetivamente queira comer. Com muita disciplina e força de vontade, essa fase poderá ser logo superada, e então você irá ter a oportunidade de vivenciar a segunda fase, que iremos explicar agora!

2 – Fase cruzeiro

Às 66 proteínas você deve acrescentar 34 legumes e verduras, sendo que ainda deve adicionar a eles 100 alimentos permitidos pela dieta. Aqui o processo se torna um pouco mais lento, em que a perda de peso acontece de maneira moderada, em média 1 kg por semana, até que se consiga atingir o peso ideal. Percebe que, embora mais lento, os resultados ainda são bastante animadores? 1 kg por semana representa, em média, 4 kg perdidos em um único mês! E quando você tiver enfim resolvido todos os problemas referentes ao sobrepeso e à obesidade, poderá então dar início à nova etapa do processo, que é o que vamos expor agora!



Processo de Estabilização

3 – Fase de Consolidação

Essa é a fase que coloca a pessoa na fase de reeducação alimentar, em que é necessário (re)aprender a se alimentar. Os pontos a serem observados são os mesmos, sem deixar de lado a disciplina e a boa vontade de se esforçar pelos objetivos a que se propõe. Nessa etapa, o que se deve fazer é acrescentar, aos 100 alimentos que já foram adaptados à alimentação, pães integrais, frutas, queijos, carboidratos e uma refeição de gala. Para essa etapa é necessária mais paciência, porque o tempo é ainda mais longo. Nesse momento, cada quilo perdido equivale, em média, a dez dias de dieta. O que se espera com essa etapa do processo é que seja evitado o efeito sanfona e se mantenha a saúde, enquanto se busca a boa forma física.

Plano da fase de ataque alimentos permitidos

4 – Fase de estabilização

Nessa fase a alimentação é livre. Contudo, espera-se que, após todo o processo, a pessoa tenha se tornado capaz de se alimentar corretamente, comendo de tudo com moderação. Caso o contrário, os esforços terão sido em vão. Mas também há algumas regras básicas que devem ser necessariamente seguidas. São elas:



Anúncios por Copacet

- Quinta-feira proteica, que é o costume de fazer das quintas feiras o dia dedicado ao consumo de proteínas;

- 3 colheres de sopa de farelo de aveia todos os dias (de preferência antes das principais refeições do dia);

- 20 minutos de caminhada por dia e abandono total do sedentarismo.

O abandono total do sedentarismo significa se esforçar para fazer alguns esforços físicos sem procurar meios de evitar o “sofrimento”. Quero dizer: quando for ao supermercado, dê preferência por ir caminhando. Utilize as escadas, ao invés do elevador. Vá para a academia ou, se não tiver esse interesse, coloque em casa alguns aparelhos para ginástica. Essas e outras atitudes podem fazer uma diferença enorme em todo o seu processo de emagrecimento e de manutenção do peso ideal. A dieta, associada a essas atividades, tende a ter mais potencial e apresenta melhores resultados.

Eficiência da Dieta

Livro e cardapio da USP Unicamp e outros regimes famosos para se perder peso

Uma das perguntas que mais ouvimos é se a dieta dukan funciona. Como qualquer outra dieta, ela pode funcionar sim. É normal que haja esse ceticismo, porque normalmente conhecemos tantas dietas milagrosas e sem fundamento algum, que as pessoas seguem e nunca conseguem atingir resultados, que naturalmente passamos a temer algumas propostas que surgem, por assim dizer, “do nada”.



Anúncios por Copacet

Mas perceba que a dieta dukan não é uma daquelas dietas “milagrosas”, que prometem resultados “para ontem” e iludem a pessoa com a ideia de que poderão comer de tudo e nunca mais voltarão a engordar novamente. Ao contrário: a dieta dukan deixa bastante claro para as pessoas que elas precisam estar dispostas a fazer uma dieta de longo prazo e que precisam seguir um método específico, com etapas bem definidas, para chegar onde quer. E o mais importante: ela fala sobre a necessidade de se reeducar, comer da maneira correta, manter a disciplina na alimentação e nunca abandonar a prática de atividades físicas. Por isso, para muitas pessoas ele tem funcionado sim, (veja a quantidade de depoimentos no Youtube e na Internet), mas os resutados obviamente variam de pessoa para pessoa e também do quão dedicado e ‘fiel’ ao plano você for.

Não deixe de ver também:

Clique aqui para ver uma dieta bastante similar a Dieta Dukan: a Dieta da Proteína.