Yorkshire: Temperamento e Cuidados do Filhote Mini e Micro,



Veja o temperamento e cuidados do filhote de Yorkshire mini, micro, branco e preço.

Introdução

É uma raça pertencente ao grupo dos Terriers, sendo seu nome completo Yorkshire Terrier, em referência ao grupo ao qual pertence.

A palavra terriers pode ser entendida etimologicamente como uma derivação latina da palavra terra; logo, esse grupo contém cães que têm como habilidade a caça de animais que vivem em tocas formadas no solo.

Origem

Na verdade esta raça está longe de ser um cachorro utilizado nessa função.

Temos de concordar que o cachorro apresenta um aspecto relativamente fragilizado, o que dificulta seu emprego em caça de animais.

Talvez pertença ao grupo Terriers por sua origem: foi formado através de cruzamentos selecionados entre outras raças do grupo dos Terriers. 

Existem outros aspectos interessantes sobre sua origem.

Yorkshire é o nome de uma região industrial da Inglaterra.

Dessa forma, pessoas dessa região estavam interessadas em criar (através de cruzamentos específicos) um cão que tivesse seu tamanho reduzido cada vez mais e cujo os pelos se tornassem proporcionalmente mais longos.

Por ser uma região ligada à atividade industrial, parte da população local acabou enriquecendo. Dessa forma, o cão com esse nome, desde sua origem, está ligado à fortunas; era comumente visto na companhia de madames com muitas posses e dinheiro.

No final do século 19, o Yorkshire chega ao território da América, talvez trazido pelos próprios ingleses.

Características físicas

Um outro fato curioso é que nem sempre esta raça foi pequeno como é hoje: antigamente, existiam tamanhos variados do cão, que podiam inclusive chegar a pesar 6,3 quilos.

Convencionou-se em determinados territórios, como o continente europeu e americano, que as características padrão da raça deveriam ser o pelo cada vez mais comprido e o tamanho cada vez mais reduzido.

Hoje em dia, não existe grande discrepância em relação aos tamanhos. Mas ouve-se comumente falar no tipo Mini ou Anão. Preste muita atenção nesse nome: se alguém lhe oferecer um tipo Mini, passe longe do comprador.

O fato de o tamanho reduzido ser uma característica da raça fez com que muitos tentassem reduzir as dimensões do animal ao extremo, processo conhecido como miniaturização – o ato de tornar miniatura.

dentição dupla

O problema é que isso gera uma série de defeitos anatômicos e apresenta grande risco para a sobrevida do animal.

Para um Yorkshire de tamanho padrão reconhecido legalmente pelos órgãos competentes, estima-se que o peso do animal na fase adulta deve estar em torno de 3 quilos e 150 gramas.

O que aconteceu foi que uma série de cruzamentos foram realizados, e acabaram gerando variedades de Yorkshires ainda menores que a original, mas não reconhecidas legalmente.

No grupo dessas raças não reconhecidas, foi criada inclusive uma variedade de Yorkshire branco, o que é extremamente incomum na variedade reconhecida legalmente.

Para os  Yorkshires Micro, Anão ou Mini (termos que sugerem o tamanho reduzido do animal), o peso corporal fica em torno da faixa de 1 quilo e 500 gramas.

Notar a grande diferença de peso entre o padrão reconhecido e os padrões não reconhecidos, que também se reflete em diferenças de tamanho. Além disso, notam-se grandes alterações no comportamento do animal, à medida que o tamanho torna-se diminuído.



Os problemas da diminuição exacerbada de tamanho do animal são vários. O primeiro, talvez o mais óbvio, é a fragilidade: menor peso corpóreo significa um menor desenvolvimento de músculos e ossos.

Caso você tenha um cachorro mini, basta que você se distraia um pouco e pise no cão para que ele tenha problemas de saúde sérios e fraturas pelo corpo.

Além disso, pelo tamanho corpóreo reduzido, esses cães mini quase sempre tem problemas gestacionais: a fêmea não consegue realizar um parto normal por deformidades em seu corpo; logo, deve-se recorrer a métodos cirúrgicos de parto.

Outros problemas graves podem se manifestar, como crises de ataques epiléticos.

Portanto, fica a dica: não compactue com esse processo.

Não compre animais que são ditos anões ou micro, porque são animais que têm sua saúde fragilizada pela inconsequência de vendedores que se dizem amantes de animais, mas que na verdade não se importam com o bem estar do animal, somente com o lucro que este gerará.

Temperamento

Retornando para a variedade reconhecida do Yorkshire, destacamos algumas características interessantes da raça.

O primeiro ponto é a disposição: apesar do tamanho, o temperamento do York é de um cão dócil e brincalhão, que adora brincar e correr por espaços. 

energetico corajoso leal inteligente

Se você não tem muito tempo para passear com seu animalzinho, não se preocupe: essa raça não necessita de exercícios físicos frequentes. 

Outra vantagem da raça é a facilidade no processo de adestramento. Muitas vezes esse adestramento vai no sentido de diminuir a frequência com que o cão late, característica marcante da raça.

Alguns pontos negativos: se você tem algum outro animal de estimação, fique atento. Apesar do tamanho reduzido, o cão é extremamente valente e pode ser arisco e agressivo com outros animais da casa, como um coelho ou um porquinho da índia e até mesmo com outros cães.

Além disso, ele também pode estranhar pessoas que em geral não frequentam o ambiente no qual ele vive. São cães inteligentes e de fácil adestramento, o que torna possível a correção do comportamento agressivo com estranhos.

Mais detalhes sobre a raça

O preço de um filhote varia dentro de uma faixa grande de preços, podendo custar de 600 reais até a bagatela de 3000 reais.

Esse último preço reforça a bagagem histórica do animal, que é considerado um animal luxuoso e caro.

Novamente, por ser um cão de luxo, existem cuidados específicos a serem dados ao cão, como uma alimentação com ração de qualidade.

Além disso, os banhos devem ser frequentes, intercalados em um intervalo de no máximo 15 dias.

Recomenda-se que estes cães não sejam tosados, pois os pelos se dispõem de maneira pouco volumosa.

O que pode ser feito é uma tosa higiênica de regiões como bumbum e rosto.

Ademais, o York é indicado se você tem pouco espaço e pouco tempo para passear com seu cão.

É dócil e muito ativo, pode ser agressivo com animais e pessoas desconhecidas, mas o adestramento se mostra efetivo para correção dessa desvantagem.

Não compre variedades que se dizem mini ou anão, pois a saúde desse animal certamente estará debilitada e em risco.

Clique aqui agora para ver mais informações sobre os Cachorros

diminuidor