Shih-tzu: Personalidade e Cuidados do Filhote Mini e Preto!



Veja a personalidade e cuidados do filhote do Shih-tzu mini,preto, preto e branco, tosado e preço.

Introdução

É um cão de pequeno porte, que se enquadra na categoria dos cães de companhia.

Essa raça compartilha o grupo com outras raças também bastante conhecidas e populares no mundo todo, como Bichon Frisé, Chihuahua, Maltês, Poodle, Pug, Cavalier King Charles, Boston Terrier e Lhasa Apso.

É muito comum as pessoas confundirem a raça Lhasa Apso e Shih-tzu.

Não é à toa que eles pertencem ao mesmo grupo de classificação canina: existe uma série de semelhanças, sobretudo físicas entre essas duas raças.

Por vezes o nome da raça é escrito errado. São inúmeras “variações” conhecidas: shitzu, shitsu, shi tzu e muitas outras.

O ponto positivo é que nessas outras opções, a pronúncia coincide com a original. Dessa forma, o erro não traz inviabilidades na comunicação.

Origem

A história de surgimento desta raça se assemelha muito com o surgimento da raça Lhasa Apso.

O Lhasa Apso surgiu na região do Tibete, porção do Oriente que fica entre os dobramentos modernos da Cordilheira do Himalaia e o território chinês.

Nessa região, o Lhasa Apso surgiu provavelmente do cruzamento de duas raças já existentes no local: Spaniel e Terrier Tibetano.

Fruto dessa mistura de material genético, o Lhasa era considerado um cachorro sagrado, sendo que habitava sobretudo os templos budistas da região.

Eram utilizados para guarda, pois o cão latia quando notava alguma ameaça ou perigo se aproximando.

O surgimento desta raça é bastante parecido com essa história: surgiu provavelmente na região do Tibete ou China, a partir de um cruzamento de duas raças já existentes: a própria Lhasa Apso e Pequinês.

Notar portanto que a semelhança entre as duas raças está justificada em argumentos biológicos, já que Shih-tzu descende diretamente de Lhasa Apso.

caminhar diariamente

Ainda sim, é importante ressaltar que a confusão entre as duas raças torna-se praticamente inviável, pois houve um grande período no qual o Lhasa Apso já existia na ausência desta raça.

Assim como  o Lhasa Apso, o Shih-tzu logo foi considerado como um animal sagrado. Era o animal de estimação preferido das realezas e dos religiosos. Um fato curioso é que, por ser considerado sagrado, esses animais jamais eram trocados por dinheiro.

Engraçado é que até mesmo os chineses cometiam confusões quanto à distinção de Lhasa Apso e Shih-tzu.

Shih-tzu foi apresentado em um festival de beleza na China, e os próprios chineses o chamavam de cão leão Lhasa (cão leão é a tradução do nome Shih-tzu).

A raça chegou no Ocidente provavelmente em meados da Segunda Guerra Mundial (1939-1945). Dois exemplares (1 casal) foram levados por soldados ingleses até o Ocidente.

E os ingleses também foram pegos pela confusão das raças! Tanto que eles uniram esta raça e a raça Lhasa Apso em uma única denominação: Apso. Posteriormente, as raças foram divididas novamente.

Desde então a raça sofreu uma gigantesca popularização tanto na Europa como na América, e hoje é uma das raças mais conhecidas no Brasil.

Características físicas

Os cães desta raça são de pequeno porte. Não há grande distinção de tamanho e peso com o sexo, como existe no caso do Lhasa Apso por exemplo. Tanto a fêmea quanto o macho tem aproximadamente 28 centímetros de altura.

O peso corporal varia, mas está em geral dentro de uma faixa de 4 quilos até 7 quilos.

A pelagem é bem desenvolvida e os pelos são longos. A cor do animal varia muito: pode ser só preto, preto e branco, branco e dourado, e muitas outras combinações.



Um fato curioso é que na maioria dos cães dessa raça a coloração é dupla, ou seja, não há apenas uma cor no cão, e sim duas cores que se distribuem de maneira heterogênea pelo corpo do animal.

Algumas configurações de coloração do corpo tornam o animal mais valioso. Por exemplo: um Shih-tzu que tem a cabeça toda preta, mas a região da testa e das bochechas brancas. Diz-se que ele tem uma máscara, e esse fato torna o cachorro proporcionalmente mais cobiçado.

Esta raça tem geralmente olhos grandes e expressivos. A raça quase não solta pelo, então se você sofre com algum tipo de deficiência respiratória ou alergia, não se preocupe: o cão não te tratá transtornos dessa natureza.

Temperamento

Os cachorros dessa raça são muito dóceis e amigáveis. São companheiros, adoram brincar, correr mas também descansar.

Em geral esta raça consegue conviver harmoniosamente com outros tipos de animais domésticos, inclusive outros cães.

Além disso, a raça não se torna agressiva na presença de pessoas estranhas. Apegam-se muito ao dono.

afetuoso extrovertido brincalhao

Uma característica que é importante citar é o latido: embora a raça não tenha o costume de latir muito, os cães latem em geral ao perceber que existe algo fora do normal, como um barulho na porta ou a buzina do entregador de pizza.

Dessa forma, se você mora em um local bastante conturbado, movimentado e barulhento, pense bem se a escolha dessa raça não vai incomodar a você e aos seus vizinhos.

Esses cães adoram companhia e não gostam de ficar sozinhos por longos intervalos de tempo. Portanto, se você trabalha muito tempo fora de casa, deve pensar em escolher uma outra raça.

Mais características da raça

O preço desta raça varia muito. Pode variar, por exemplo, se o filhote tiver progenitores campeões ou pelas características da pelagem.

A faixa média é de 1500 reais a 2500 reais. Um preço alto se comparado ao Lhasa Apso por exemplo, que pode ser adquirido dentro de uma faixa de 800 a 1400 reais.

Um detalhe importante de ser explicitado é que muitos vendedores se aproveitam da semelhança entre Shih-tzu e Lhasa Apso para tentar enganar os compradores.

Notar que se esta raça é mais cara que o Lhasa, então para os golpistas é muito vantajoso vender um Lhasa como se fosse Shih-tzu. Por isso, insistimos: no ato da venda, exija o documento do cão, para que você se certifique da raça.

Além disso, evite sempre comprar cães pela internet: pessoalmente, você pode avaliar as condições às quais o cão ficou submetido até a hora da negociação.

Mesmo que existam fotos do cão na internet, elas podem não corresponder ao animal que está sendo vendido.

Como toda a raça, exige cuidados especiais. É sensível ao calor extremo, portanto não leve seu cão para passear enquanto o sol estiver alto. Além disso, o pelo deve ser escovado e a realização de tosa higiênica é extremamente recomendada.

É um cão perfeito para você que mora em apartamento.

É pequeno, alegre, brincalhão e muito fiel ao dono.

Late pouco e não tem muita necessidade de caminhadas.

Algumas precauções na hora da compra podem evitar convenientes, e lembre-se: ao adquirir um cachorro, de brinde você leva uma série de responsabilidades.

Empenhe-se para construir uma relação harmoniosa entre você e o animal.

Clique aqui agora para ver temperamento e cuidados do filhote de Yorkshire mini e micro

diminuidor