Bulldog Inglês: Porte, Venda, Preço e Doação de Filhote.



Bulldog Inglês: venda, preço e doação de filhote. Bulldog francês, alemão e americano são parecidos?

Introdução

Bulldog Inglês, ou simplesmente Bulldog, é uma raça que pertence ao grupo de classificação dos cães não esportistas.

Mas nem sempre foi assim: o Bulldog Inglês foi idealizado para participar de uma modalidade de ” esporte ” que se tornou bastante comum, sobretudo na Europa, após a popularização dos cães no continente: a luta.

Outros cães muito adoráveis estão no mesmo grupo de classificação canina que o Bulldog, como os das raças Bulldog Francês, Boston Terrier, Bichon Frisé, Dálmata, Lhasa Apso, Shar Pei, Shiba Inu , Chow Chow (o famoso cão da língua azul) e Spitz Japonês.

Origem

Um breve panorama sobre a origem desses animais já foi dado nesse texto.

Como o próprio nome da raça sugere, o local de origem desses animais é a Inglaterra.

Os cães foram domesticados para atender determinadas necessidades dos homens.

Nesse caso, a necessidade era por puro entretenimento: no contexto histórico próximo ao século 13 (anos 1200) a luta de cães contra diversos animais como cavalos (nesse caso, o evento se chamava Horse-baiting) , ursos (nesse caso, o evento se chamava Bear-baiting), touros (nesse caso, o evento se chamava Bull-baiting) e até mesmo tornou-se extremamente popular.Eventuais lutas entre cães também existiam e se tornaram muito comuns depois, contribuindo para a formação de outras raças como Bull Terrier.

Dessa forma, os criadores idealizaram um cão forte, resistente ao sofrimento, que pudesse participar com brilhantismo e êxito dessas batalhas.

Muito próximo à segunda metade do século 19, esses eventos passaram a ser proibidos.
Agora pense: se um cão foi criado para um evento que deixou de existir, o esperado seria que a raça sumisse com o tempo, pois não haveria mais interesse no animal.

O que fez com que a raça fosse preservada e não entrasse em extinção foi a admiração de algumas pessoas pelos traços estéticos, e não pelas características comportamentais como agressividade e resistência à dor.
Esses interessados passaram a realizar cruzamentos com Bulldogs.

A esperança deles era que, com a mistura de material genético, surgissem variedades dos Bulldogs que tivessem o temperamento mais ameno e pacífico e que tivessem as belezas estéticas ressaltadas.

O processo foi um sucesso: tornou-se o animal símbolo da ilha inglesa e uma das raças caninas mais populares e desejadas de todos os tempos.

Características físicas

Como dito acima, a série de cruzamentos acabaram por ressaltar, aprofundar e aperfeiçoar aspectos físicos já presentes nas variedades antigas.

nao tolera tempo umido braquicefalico

Em relação ao tamanho, não há grandes diferenças entre o macho e a fêmea: ambos tem altura aproximada entre 30 centímetros e 38 centímetros.

O mesmo não ocorre em relação ao peso, pois há uma pequena diferença entre os sexos nesse quesito. Para os machos, o peso pode estar entre 24 e 25 quilos; para as fêmeas, o peso é um pouco menor, estando entre 23 quilos e 24 quilos.

Alguns aspectos do Bulldog moderno também estavam presentes em seus antepassados: os membros são curtos,mas são musculosos e definidos, assim como seu corpo.

A cabeça é grande e o rosto tem aspecto enrugado.

A pelagem é curta e grossa, com coloração variada.

O animal pode apresentar uma única cor dominante, mas em geral manchas se fazem presentes ao longo do corpo do animal e principalmente no rosto.

Como o pelo é curto, o cão é ideal se você tem algum tipo de alergia ou problema respiratório causado por pelos.

O animal não é tolerante a temperaturas muito baixas ou muito altas.

Portanto, não recomendamos que você leve o cão para passear em dias muito quentes ou muito frios.



Essa fragilidade a temperaturas se deve em parte aos problemas respiratórios que esses cães geralmente apresentam.

Tem tendência a ficar obeso, então é extremamente necessário que haja uma rotina de exercícios físicos com o animal.

Além disso, nada de deixar ração à vontade para ele: divida a comida em porções e dê a ele ao longo do dia.

Por fim, evite sempre dar alimentos que obviamente não foram feitos para ele,como industrializados e principalmente chocolate, que pode inclusive matar seu animal.

Temperamento

Uma das mudanças mais drásticas que ocorreram entre seus antepassados e o Bulldog Inglês como conhecemos hoje foi no temperamento.

De um cão agressivo, treinado para atacar touros e outros animais selvagens, evoluiu para um cão dócil, amigável, sincero e que muito se apega ao seu dono.

Não tem muita energia, é um pouco preguiçoso, mas atente-se: ele precisa se exercitar constantemente.

A realização dos exercícios irá ajudar no controle do peso corporal e também no aumento da sua capacidade respiratória.

Se outros cães já vivem com você, pense bem se você quer um Bulldog: ele não se relaciona bem  com outros cachorros.

Obviamente isso não quer dizer que ele atacará com certeza; um pouco de treinamento e costume com outros cães podem tornar possível a construção de uma boa relação.Por outro lado, se você tem outros animais que não o cachorro, como gato, porquinho da índia e coelho, o Bulldog irá se relacionar bem com eles.

jovial-comico-amavel

Um outro ponto importante é em relação as visitas: o cachorro é muito amigável com pessoas estranhas. Por isso, o Bulldog não é o cão de guarda perfeito: pode ser que ele até faça carinho em um possível invasor. Não é muito inteligente e isso se reflete na dificuldade de adestrá-lo. A dica é começar o adestramento desde filhote.

Mais características da raça

O preço de um filhote de Bulldog Inglês é alto: parte de 3000 reais e pode chegar a custar até 6000 reais.

Se você já se assustou com esse preço, esteja preparado: o Bulldog Inglês é talvez um dos animais que está mais suscetível a doenças. O cão tem problemas respiratórios congênitos, além de desenvolver frequentemente doenças de pele. Por isso, você deve ter em mente que os gastos com o cão são permanentes e não se restringem ao ato da compra.

Outra dica: se você for comprar um Bulldog, faça isso pessoalmente. Você deve vistoriar o canil e procurar por irregularidades no tratamento que dão lá aos animais.

Caso veja algo de errado, não hesite em cancelar o negócio e alertar os órgãos de fiscalização competentes. Além disso, exija a documentação do animal no ato da venda, para evitar problemas posteriores.

Basta ver o preço do cão e conclui-se que é um cão de luxo.

Se você não tem condições financeiras para adquiri-lo, as notícias não são boas: quase não existem exemplares dessa raça para adoção, pois são muito cobiçados.

Mas não desanime: de repente, algum conhecido ou familiar terá filhotes que podem ser vendidos abaixo do preço de mercado ou até mesmo doados. Fique atento às oportunidades.

O Bulldog é um cão de responsabilidades: é dócil, enérgico, brincalhão e ama o dono como a si mesmo.
No entanto, apresenta frequentemente problemas de saúde principalmente de natureza respiratória e dermatológica.

As idas ao médico veterinário serão frequentes.

Leve sempre seu cão para passear em horários onde as temperaturas não são extremas, nem muito quente nem muito frio. Por fim, o alimente da maneira adequada para que ele não fique obeso.

Clique aqui agora para ver o temperamento do filhote Chow Chow branco, preto e azul

diminuidor