Akita: Branco, Preto, Tigrado, Americano, Filhote e Temperamento



Akita: branco, preto, tigrado, americano, branco filhote, temperamento, preço e onde comprar.

Introdução

É a raça que pertence ao grupo de classificação canina dos Spitz e dos cães conhecidos como cães do tipo primitivo.

Possui duas variedades reconhecidas oficialmente e que pertencem ao mesmo grupo: Akita Americano e Akita Inu.

As raças pertencentes a esse grupo compartilham uma série de características, tanto físicas quanto comportamentais.

E o mais curioso é que muitas dessas características também estão presentes no principal ancestral das raças, que é o lobo.

Outras raças bastante conhecidas compartilham o grupo dos Spitz e Tipo Primitivo com Akita, como por exemplo Malamute do Alaska, Lulu da Pomerânia (Spitz Alemão Anão), Podengo Português, Spitz Japonês, Husky Siberiano e Chow Chow.

Origem

Os cães foram domesticados para atender a alguma necessidade dos homens.

As pessoas acreditavam que os cães podiam auxiliar de maneira determinante em algumas atividades, o que ficou comprovado ao longo da história.

Com a raça deste cachorro não foi diferente: foi idealizada para ajudar o homem na atividade da caça. 

A ideia de criar um animal poderoso, resistente ao frio e exímio caçador veio de um homem preso no prédio da prefeitura de Akita (talvez daqui se origine o nome da raça).

Esse rapaz desafiou os proprietários de terras a criarem raças com grande poder de caça. Essas raças são os antepassados do Akita e  tiveram grande sucesso nas empreitadas, chegando a caçar animais como veados, javalis e até mesmo ursos.

Em um determinado período da história, próximo ao início do século 20, o cão deixou de ser empregado na atividade de caça e começou a ser utilizado como cão de luta, tanto contra cães quanto contra animais selvagens diversos.

Essa era uma atividade que estava ganhando imensa popularidade no mundo todo, tendo contribuído inclusive para formação de algumas raças guerreiras como Bulldog Inglês e Bull Terrier.

Com a proibição desses eventos de lutas, o Akita perdeu a grande parte de suas funções na sociedade, pois também a prática da caça já não era mais comum nessa hora.

Resultado: os animais acabaram invadindo os lares e se tornando grandes companheiros, dóceis e bem humorados.

branco rajado malhado

Tornaram-se extremamente populares entre várias regiões do mundo e são inclusive reconhecidos como uma das riquezas naturais do Japão, seu local de origem.

Note que falamos aqui da origem da variedade japonesa da raça, Akita Inu.’

A variedade americana foi originada nos Estados Unidos da América e resultam do cruzamento do tipo Inu com cães da raça Pastor Alemão.

Por muito tempo os tipos Inu e Americano foram considerados da mesma raça; na classificação moderna, são raças distintas.

Características físicas

As características físicas descritas aqui serão especificamente da variedade japonesa; no entanto, ao longo dessa seção ressaltaremos alguns pontos também da variedade americana.

O tipo Inu tem alguns aspectos físicos como peso e altura que variam de acordo com o sexo do animal.



Assim, em relação à altura, o macho é um pouco mais alto: sua altura está dentro da faixa de 63 centímetros até 71 centímetros; a altura da fêmea está dentro da faixa de 58 centímetros a 66 centímetros.

O peso também varia e os machos são mais pesados; tem peso médio entre 38 e 58 quilos e as fêmeas, entre 29 e 49 quilos.

É um cão de porte médio, musculoso, forte, proporcional e ágil.

A pelagem é volumosa, o que torna o animal muito resistente a baixas temperaturas, mas por outro lado muito vulnerável a altas temperaturas.

Por esse motivo, não se recomenda que esses cães vivam em locais muito quentes.

Foram idealizados para serem cães de caça, então precisam exercitar-se regularmente.

A coloração da pelagem é variada e vale fazer uma comparação com a variedade americana. 

Para o tipo Inu, a coloração pode ser totalmente branca, tigrado (vermelho ou branco) e vermelho.

Para a variedade americana, existem diversas combinações possíveis de cores.

O tipo Americano é mais pesado e mais forte do que o parente japonês, característica que se deve à herança de aspectos do Pastor Alemão.

nao latir a toa olhos escuros de coloracao marrom pequenos triangulares e separados

Temperamento

É um cão muito enérgico, brincalhão e muito apegado ao dono.

Foi criado para caçar, então tem necessidade de realização de exercícios físicos regulares.

Por isso, a raça não é ideal para você que mora em apartamento ou se você não tem muito tempo para passear com seu cão.

A falta de exercícios pode torná-lo desobediente e mau-humorado.

Não é muito amigável com pessoas estranhas e isso se traduz em uma excepcional habilidade de guarda da casa.

Se você recebe muitas visitas em casa, é essencial que você faça um adestramento com o cão desde filhote, que vise sociabilizá-lo.

Esse cão se relaciona bem com outros cães e também com outros animais de estimação como gatos, coelhos e roedores.

Mais características da raça

O preço de um filhote desta raça pode variar dentro de uma faixa de 2000 reais podendo chegar até 3500 reais.

Esse preço pode ser maior ainda se houver alguma geração passada dos filhotes que é campeã de campeonatos de alguma modalidade do ramo.

No entanto, não é suficiente saber apenas quanto custa o animal no ato da compra.

Existe uma série de outros cuidados que devem ser tomados durante a compra.

Certifique-se de comprar seu animal de um canil especializado na raça.

Além disso, no ato da venda, exija a documentação do animal e tenha conhecimento dos padrões oficiais da raça.

Tenha cuidado especial com os pelos deste cachorro: escove-os pelo menos uma vez durante cada semana.

É um cachorro dócil, brincalhão e que não gosta muito de visitas.

Precisa ser adestrado, pois caso contrário pode se tornar agressivo a estranhos.

Clique aqui agora para ver as características do filhote do Beagle

diminuidor