Alimentação Saudável: Alimentos, Cardápio, Receitas e Dieta



Veja como ter uma Alimentaçao Saudável ao incluir estes alimentos em seu cardápio e dieta!

comida saudável light na adolescencia

Escolha qual alimento deseja conhecer melhor:

Uma alimentação sadia, é essencial em nossa vida, tanto para ter uma saúde quase que perfeita, já que a genética as vezes pode influenciar, quanto para poder perder, ou manter peso.

A importância de uma alimentação saudável, é grande, pois além desses dois princípios acima, ajuda todo o seu organismo a fazer sua manutenção interna, além de ajudar e muito no desenvolvimento na infância e na adolescência, que é uma das fazes mais críticas, por ser um estágio final da maturidade de todo o organismo.

Por isso, que é muito importante desenvolvermos hábitos saudáveis, desde a primeira faze da infância, evitando uma alimentação não saudável, ou seja, desenvolver o hábito de comer alimentos mais naturais possível, como frutas, legumes, verduras, cereais não industrializados, carnes magras, ingerir sucos naturais, muita água, ao invés de alimentos muito calóricos e gordurosos, como hambúrgueres, batata frita, carnes gordurosas, produtos industrializados, salgadinhos, ou ainda, alimentos ricos em açúcar, como refrigerantes, sorvetes, doces, muito açúcar branco no café, ou sucos.

Se alimentando corretamente, ainda terá o benefício de evitar muitas doenças, como diabetes do tipo 2, infartos, problemas de pressão alta, anemias profundas, etc.

Perda de Peso

Kiwi Morango Blueberry Cramberry

diminuidor

Alimentar-se de forma saudável, ao invés de dietas malucas, é muito mais indicado para emagrecer, onde fará o seu organismo a se reestruturar, ingerindo todos os nutrientes, como proteínas, vitaminas, carboidratos, minerais, dando equilíbrio e fazendo perder peso gradualmente, evitando o efeito sanfona. Por isso, sempre é tempo para mudar a forma de como se alimenta.

Uma coisa muito importante frisar, quem quer mudar sua alimentação para emagrecer, deve evitar alimentos diet e light, pois são produtos industrializados e que já foi comprovado através de estudos, que o uso diário desses alimentos, ao invés de emagrecer, vai fazer engordar.

O ideal, é procurar o seu médico e nutricionista, onde farão todos os exames necessários, ver suas limitações, caso haja algum problema de saúde, suas deficiências nutricionais e junto com você, elaborar um cardápio diário, com alimentos saudáveis e naturais, trazendo o seu reequilíbrio orgânico, fazendo com que perca peso gradualmente e com saúde.

Vale lembrar que, uma alimentação saudável associado a algum tipo de exercício físico, não só ajuda a emagrecer, mas também beneficia a própria saúde.

Receitas

Quando falamos em receitas, logo associamos em uma receita específica de alimento. Mas nesse caso, falaremos de como montar um cardápio diário, com variações de grupos alimentares, para que não fique uma refeição repetitiva, mas rica em todos os nutrientes que os alimentos tem a oferecer para nutrir nosso corpo de forma saudável.

Divisão de alimentação diária e porções: O ideal é dividir a subalimentação diária em seis refeições (café da manhã, lanche de intervalo entre o desjejum e o almoço, almoço, lanche da tarde, janta e lanche da noite), dividindo a ingestão de frutas, legumes, verduras e grãos, durante todo o dia.

No caso das frutas, o ideal é ingerir três porções diárias, variando as frutas de acordo com a cor, podendo ser uma fatia de mamão, uma porção de uva (8 unidades), uma maçã, ou uma banana, uma fatia de melão, uma laranja e por aí vai. Então, ingira três tipos de frutas diferentes durante o dia.



No caso do arroz, quatro colheres de sopa no almoço e quatro no jantar, acompanhado com uma concha média de feijão (metade grão, metade caldo), agregando ainda, uma porção de legumes (cenoura, beterraba, chuchu, por exemplo), uma porção de verdura (alface, couve, brócolis, chicória, salsa, coentro, cebolinha, agrião, etc.)

Um bife pequeno de carne vermelha magra, frango ou peixe, de preferência grelhados, ou assados, também é recomendado, além do consumo de ovo, três vezes por semana.

Um copo de leite e ao menos duas fatias de queijo minas pela manhã, também é recomendado.

Combinações de cores dos alimentos: Muitas vezes, não levamos em conta a cor dos alimentos, sendo que é ele que indica qual o nutriente que está mais presente nesse alimento em si, além das outras vitaminas e minerais, que precisamos.

Alimentos de cores verde escura em especial, como brócolis e espinafre por exemplo, são ricos em ácido fólico, salvo a cenoura, que apesar da cor alaranjada, também tem grande concentração desse nutriente. Ele é muito importante para diminuir os riscos de doenças cardiocirculatórias, além de ser muito importante na gestação para uma boa formação do feto, onde o ideal, é a futura mãe consumir diariamente, uma porção diária, já três meses antes de engravidar e continuar durante a gravidez.
Pimentão Vermelho Verde Amarelo Tomate Cenoura Berinjela Couve Flor Pepino

Alimentos roxeados, como uva, acerola e beterraba, são ricos em antocianina, que combate danos celulares, combatendo a oxidação do LDL, que é o colesterol ruim.

A couve manteiga, o brócolis, o leite, queijo branco e o ovo (cozido), são ricos em cálcio, que é importante para a formação do ossos, auxilia na coagulação do sangue e na contração muscular, principalmente a contração muscular do coração, para o bombeamento de sangue no corpo. Sua ausência, prejudica não só na parte muscular, mas também pode causar osteoporose.

Tomate, goiaba e melancia, além de outros alimentos de cor vermelha, são ricos em licopeno, que ajuda a prevenir o câncer de próstata, mas que alguns estudos já indicam que também ajuda na prevenção e combate de outros tipos de câncer (como ainda está em estudo, seus resultados não são exatos). Ainda são alimentos que ajudam a combater os radicais livres também.

Uma curiosidade, o tomate, ou outro alimento rico em licopeno, quando colocado no micro-ondas, perde todo o licopeno, mas se for bem cozido, ou assado em forno tradicional, a quantidade se multiplica, sendo mais benéfico ainda.

Alimentos de cor verde escura, como couve, agrião e outras mais, são ricos em ferro, assim como a carne vermelha, carne branca e feijão. O ferro é fundamental para a produção de hemácias, ou células vermelhas, que são responsáveis pela oxigenação do corpo.

Pães, batatas e arroz, são alguns dos alimentos que contém carboidrato, que é importante consumir diariamente, em quantidades certas, para que não falte energia para o corpo.

Com essas dicas, ficou mais fácil de como ter uma alimentação mais saudável, seja para ter uma vida melhor, seja para perder peso.

Hoje em dia, ficou muito mais fácil conseguir informações sobre os grupos alimentares, suas vitaminas e minerais, além de outros nutrientes importantes, para ter uma alimentação mais balanceada, através da internet, onde existem arquivos em PDF para baixar.

Portanto, com toda a informação e disponibilidade, só não vai ter uma alimentação mais saudável, se você mesmo não quiser.

Clique aqui para retornar à página inicial do Emagrecer.eco.br .